Prouni: inscrição para ocupar vagas remanescentes segue até hoje (24)

educamais
24.08.2018, 18:01:45
Atualizado: 24.08.2018, 18:08:35
(Shutterstock)

Prouni: inscrição para ocupar vagas remanescentes segue até hoje (24)

São ofertadas 88.182 bolsas de caráter parcial e 18.070 de caráter integral

Estudantes aprovados nas vagas remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni), que não estão matriculados em instituições de ensino superior, devem se inscrever até às 23h59 desta sexta-feira (24) para garantir a vaga. O procedimento é realizado exclusivamente pela internet, no site do Prouni. Para estudantes já matriculados, o prazo segue até 28 de setembro. Nesta edição, foram disponibilizadas 106.252 oportunidades: 88.182 bolsas de caráter parcial e 18.070 de caráter integral.

Uma das bolsas de estudo integrais foi concedida ao estudante Sidney Morais, que foi aprovado em quarto lugar na lista de espera e assistiu à primeira aula de Direito nesta segunda-feira, 21 de agosto. “Sempre gostei do curso e das possibilidades que oferece, como ser advogado, juiz, promotor, delegado, entre tantas outras. Eu tenho me identificado com as matérias, estou motivado e os professores têm uma dinâmica de ensino muito boa. Vai ser necessário ler muito para tirar o máximo proveito do conteúdo e conseguir uma boa formação”, comenta animado ao sinalizar as primeiras impressões da universidade.

Esta não foi a primeira vez que Morais se candidatou às vagas. No primeiro semestre de 2018, foi contemplado com uma bolsa parcial e pretendia contratar o Fundo de Financiamento Estudantil para arcar com a outra metade da mensalidade. “Não cursei por fatores financeiros, já que estou desempregado desde o início do ano e também poderia tentar no segundo semestre. Se tratando de uma bolsa integral, o programa é uma opção mais viável que o FIES porque não preciso me preocupar futuramente com o pagamento do financiamento”, pondera.

Quando participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado, o objetivo principal era testar os conhecimentos, se preparar para a o exame de 2018 e, a partir do resultado, buscar uma vaga no ensino superior. Com o bom desempenho, amigos e familiares foram os principais incentivadores. “Minha prima Jade é universitária, disse que eu tinha possibilidade de conseguir a bolsa e encheu o meu celular com lembretes dos cronogramas do Prouni e SiSU. Meus tios e a minha esposa me apoiaram para que eu não deixasse passar a oportunidade”.

Para concorrer às vagas do Prouni, não há limite de idade. As bolsas de estudo são direcionadas aos candidatos que se encaixem em, pelo menos, um dos seguintes critérios: ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral; portar alguma deficiência; ou ensine da rede pública. É preciso também ter renda per capita de até 1,5 salário mínimo para bolsa integral ou renda per capita familiar de até três salários mínimos para bolsa parcial.

Outro requisito é ter sido participante do Enem a partir de 2010 com pontuação média acima de 450 pontos e nota acima de zero na redação. “Percebi a importância de fazer o exame, de se preparar e arriscar. Eu não acreditava que teria uma boa nota porque terminei o ensino médio há alguns anos, mas consegui e creio que muitas pessoas também conseguiriam caso decidissem se dedicar”, avalia Morais.

Da mesma forma em que foi apoiado, Sidney faz questão de incentivar outras pessoas a buscar o ensino superior. “Quero deixar uma mensagem de motivação para os jovens e para aqueles com idade mais avançada: existe, sim, a possibilidade de chegarmos aonde nossos sonhos apontam, mas temos que acreditar e trabalhar/estudar para que isso aconteça. Participem do Enem, busquem as oportunidades. Eu me superei e agora acredito que a cada dia posso me superar ainda mais”, finaliza.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas