Público curte adrenalina com tirolesa na Arena Daniela Mercury

salvador
31.12.2019, 21:23:00
(Bruno Concha/PMS/Divulgação)

Público curte adrenalina com tirolesa na Arena Daniela Mercury

Até criança encarou o desafio para usar o brinquedo

O público do Festival Virada Salvador está aproveitando também para curtir uma tirolesa que está montada na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, local do evento. A altura de 15 metros dá medo, mas não afugenta os mais corajosos.

A pequena Yasmim Gabriele Borges, de 8 anos, até tinha medo de altura, mas resolveu encarar o desafio de frente. “Eu estou tremendo até agora, mas o bom mesmo é que depois o medo passa. Primeiro você fecha os olhos, depois se joga. Quando você vê, já conseguiu descer”, disse, após escorregar pelos cabos com 90 metros de percurso do brinquedo.

A tia que acompanhava a pequena, contudo, preferiu não brincar. Madjalane Ferreira, de 31 anos, disse que admirava a menina, mas tirolesa não é para ela. "Se eu for, acho que tenho uma parada cardíaca”.

Michael Souza, 15, teve sua primeira experiência na tirolesa. “Parece bobo, mas, para quem brinca pela primeira vez, a adrenalina é inevitável. Dá aquele frio na barriga, mas depois é só se deliciar com a vista e comemorar o desafio superado”, diz.

A altura estimada do brinquedo é de um prédio de cinco andares. O equipamento está disponível a partir das 15h e encerra o funcionamento às 2h. Já na quarta-feira (1º), a brincadeira começa às 15h e termina às 22h. A cada hora, 90 pessoas escorregam pelos 90 metros do brinquedo. A estimativa é que 10 mil pessoas brinquem durante os cinco dias do evento, ultrapassando a marca do ano passado, que foi de 7,1 mil usuários.

O acesso à tirolesa é liberado gratuitamente a pessoas de, no máximo, 120 quilos e a partir de cinco anos. Por motivo de segurança, gestantes devem evitar utilizar a tirolesa. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas