Qual a melhor aplicação para um resgate daqui a 2 anos?

tira-dúvidas finanças
12.04.2021, 05:00:00

Qual a melhor aplicação para um resgate daqui a 2 anos?

Que aplicação você indica para resgate daqui a 2 anos? Preciso de um investimento que tenha uma boa rentabilidade para que eu possa usar esse dinheiro no meu casamento. Daniela Pereira

Olá, Daniela. Gostaria de lhe dar um duplo parabéns: um  pelo casamento e outro pela atitude de se planejar para esse momento tão importante. É fundamental ter esse cuidado no momento de realizar os projetos de vida, seja uma viagem de férias, troca do carro, intercâmbio, não importa. Se houver planejamento financeiro o resultado será bem mais prazeroso. Em relação ao investimento, o que posso lhe sugerir é que observe as opções disponíveis no Tesouro Direto. São títulos públicos de baixo risco, o que é bom, pois não podemos falar em arriscar o dinheiro que será utilizado em um projeto de vida dessa dimensão, porém, a rentabilidade também é baixa, segue a Selic (taxa básica de juros) que teve um leve aumento, mas ainda distante de alguns produtos de renda variável. Se quiser tentar algo mais rentável, pesquise as opções de CDB e Letras de Crédito nas principais corretoras. Há opções bem interessantes e com excelente rentabilidade.  Estamos falando de produtos com 8% a 10% ao ano, muito bom para renda fixa no momento atual.


Tenho lido diversas matérias sobre a dificuldade das pessoas que se contaminaram pelo coronavírus, encontrarem leitos mesmo com plano de saúde. Vale a pena continuar pagando uma mensalidade exorbitante, quando a gente não tem nenhuma segurança nesse momento de pandemia? Anônimo

Olá, Anônimo. O cenário da saúde pública no que tange à pandemia não é nada animador no momento. O número de mortes continua subindo e a escassez de leitos é uma triste realidade, sem data prevista para acabar. Acredito que tenhamos um melhor cenário a partir do segundo semestre, mas tudo vai depender das políticas públicas de vacinação. Com essa situação, ter um plano de saúde é fundamental mesmo com as dificuldades de acesso aos leitos clínicos e de terapia intensiva, até porque, não existe só o covid-19 como patologia, as outras doenças estão aí e a necessidade de tratamento médico é constante. Manter o plano de saúde considerando o  custo elevado é uma decisão muito particular. O que posso dizer é que existem opções de acesso à saúde mais baratos. Contudo, mesmo com a limitação de atendimento é melhor que ficar sem nenhuma assistência. Recomendo que faça uma avaliação de seu orçamento e verifique se há como encaixar esses gastos de maneira a conseguir manter o plano de saúde. Se não for possível, busque uma alternativa mais barata, mas não renuncie a  assistência médica.


Tem dúvidas sobre Finanças Pessoais? Mande um e-mail para carteiracorreio@redebahia.com.br

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas