Quarto infantil: Mantenha o ambiente atual e versátil

especiais patrocinados
06.04.2018, 09:53:00
Quarto infantil deve ser lúdico, sem deixar a praticidade de lado (Shutterstock)
Estúdio Correio -

Quarto infantil: Mantenha o ambiente atual e versátil

Móveis com dupla utilização garantem uma decoração mais simples e sustentável

O nascimento de um bebê muda completamente a rotina de uma casa. A criança ainda nem chegou ao mundo quando os pais começam a decidir sobre o ambiente que irá acolher o novo integrante da família. Nessas horas, não costuma faltar empolgação para deixar um cantinho do imóvel o mais aconchegante possível.

A tentação já começa na hora de ir às compras. Nas lojas, são inúmeras as opções de móveis e bibelôs para deixar o ambiente tão lúdico quanto a imaginação dos pequenos. O mais difícil é ser racional nas escolhas. Mas em tempos de consumo consciente, é importante não se deixar envolver tanto pela emoção e buscar uma decoração mais versártil.

“É melhor optar por móveis com uma dupla utilização, que atende tanto bebês quanto crianças maiores. Não precisa ser tudo muito infantil. Sugiro algo mais simples, que pode durar mais e ser mais sutentável”, indica Vera Sehbe, professora de design de interiores da UNIFACS.

Decoração do quarto da pequena Clara, de 1 ano e meio, foi planejada para durar até a adolescência da menina (Foto: arquivo pessoal)

Foi o que pensou a publicitária Carla Firpo ao montar o quarto da primeira filha, Clara, que hoje tem 1 ano e meio. “Eu queria fazer um quarto que funcionasse pelo menos na primeira infância dela, tanto que até o berço vira uma cama. Tudo do quarto foi usado para o primeiro momento, mas pensado para permanecer depois”, explica.

Deu certo.  De lá pra cá, nada mudou na decoração do quarto. O berço ganhou almofadas para maior conforto e segurança nos primeiros meses de vida e agora Carla já ensaia retirar a lateral dele e deixá-lo como cama. Já a cômoda, ela utiliza em cima para a troca de fraldas e os gaveteiros para guardar as roupas de cama. No armário, nada de tamanhos reduzidos. “Eu aproveitei um que já tinha no quarto antes de eu engravidar e acho que ficou bacana. Tenho certeza que ela vai usar até a adolescência”, garante a publicitária.

Para Vera Sehbe, este é mesmo o melhor caminho ao pensar em decoração de quarto infantil. As coisas não precisam deixar de fazer sentido em tão pouco tempo. O reuso das peças sempre pode ser considerado. “Os móveis devem ser clássicos. Não aconselho comprar com temas muito infantis e nem investir em coisas caras sabendo que aquilo só irá permanecer no espaço por até um ano”, explica Vera Sehbe.


Criatividade
Para dar vida ao ambiente, mais cor! “Não precisa dintinguir o sexo da criança por cor de quarto. Temos muitas opções e não faz diferença alguma ser menino ou menina. A combinação bege e branco deixa um ambiente mais sóbrio, mas tenho gostado muito de utilizar tons alegres”, indica a professora. O quarto de Clara segue esta tendência. Toda a decoração tem como base as cores laranja, dourado e marrom.

Nas mudanças de fases da criança, alguns truques podem fazer toda a diferença. Trocar a cor de alguma parte do quarto ou colocar papel de parede não custa caro. Outra boa dica é usar tinta de lousa para estimular a criatividade. A repaginada pode ser, ainda, com novas cortinas, almofadas ou quadros. Os objetos podem ser, também, ressiginifcados. “Um nicho pode começar sendo base de ursos de pelúcia, se transformar num local para guardar brinquedos e depois um apoio para livros”, sugere a professora de design de interiores.

Projeto para quarto de adolescente assinado pela professora de design de interiores Vera Sehbe (Foto: Divulgação)

“Tem muita coisa para fazer e muitas possibilidades de coisas que cresçam junto com as crianças”, ressalta.  Alguns cuidados, no entanto, são unânimes para qualquer quarto infantil em todas as fases da criança. “Tem que pensar primeiro na segurança deles. Tela na janela é essencial, assim como protetores nas tomadas”, indica a professora. 

Gostou das dicas? Que tal aproveitar a oportunidade para comprar um imóvel e começar uma nova vida em família em um novo lar? De hoje à domingo (de 6 a 8), a JVF Empreendimentos vai promover o 3º Feirão de Imóveis da JVF na central de vendas da Rua Silveira Martins, Cabula, em Salvador. São apartamentos de 2 e 3/4, com opções de 49 m² a 66 m², com suíte, varanda e infraestrutura de lazer completa nos empreedimentos Adorato Cabula, Vivace Cabula, Allegri Cabula e Felice Pituaçú. Durante os três dias, todas as unidades já saem com armários nas áreas da cozinha, banheiros e quartos e revestimentos em porcelanato nas áreas da sala, quartos e área de circulação.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas