Quatro jogadores e presidente do Palmas morrem em queda de avião

brasil
24.01.2021, 10:49:00
Atualizado: 24.01.2021, 11:59:10

Quatro jogadores e presidente do Palmas morrem em queda de avião

Eles seguiam para Goiânia, onde time jogaria amanhã pela Copa Verde

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Quatro jogadores e o presidente do Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira, morreram em uma queda de um avião de pequeno porite neste domingo (24). Eles seguiam para Goiânia. O piloto também morreu. Os atletas que estavam na aeronave foram identificados como Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. 

(Foto: Divulgação)

O acidente aconteceu pouco depois da decolagem na pista da Associação Tocantinense de Aviação (ATA), em Luzimangues, em Porto Nacional. Em Goiânia, o Palmas jogaria na segunda (25) pela Copa Verde contra o Vila Nova, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. "Lamentamos informar que não há sobreviventes", diz nota do Palmas.

O Vila Nova divulgou nota se solidarizando com o clube. "O Vila Nova deseja que todos os amigos e familiares das vítimas sejam consolados no colo do Pai neste momento de tamanha angústia e tristeza". O clube diz ainda que vai colaborar para o adiamento da partida e vai homenagear as vítimas na quinta (28), quando joga pelo campeonato goiano. 

Imagens registradas no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, onde ocorreu o acidente, mostram que a aeronave ficou totalmente destruída. Ainda não há informações sobre o que ocasionou o acidente.

Leia nota do Palmas na íntegra

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas