'Queria tanto você aqui', diz filha de Leandro 22 anos após morte do sertanejo

em alta
23.06.2020, 19:37:00
Atualizado: 23.06.2020, 19:54:31
(Foto: Reprodução/Instagram)

'Queria tanto você aqui', diz filha de Leandro 22 anos após morte do sertanejo

Lyandra Costa, que postou foto antiga com o pai, hoje tem 24 anos e já é médica

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Filha do cantor Leandro, morto há exatos 22 anos, Lyandra Costa relembrou a perda precoce do pai nesta terça-feira (23). “22 anos sem você... O que ficou são as fotos, algumas roupas suas e, com certeza, o amor imortal que existe entre nós", declarou a jovem de 24 anos, que no ano passado se formou em Medicina e já exerce a profissão.

"Queria tanto você aqui... Sei que você também queria estar aqui, mas os planos de Deus são os planos de Deus. Não vou me delongar aqui porque eu sofro com as minhas emoções. Te amo e até breve”, afirmou ela numa postagem no Instagram.

O sertanejo, que fez dupla com Leonardo, faleceu em 1998, aos 37 anos de idade, vítima de um câncer raro e agressivo.

Lyandra é fruto do casamento de Leandro com Andréa Mota. Eles também tiveram Leandrinho, de 22 anos.

O texto de homenagem da médica veio acompanhado de um clique da infância em que ela aparece no colo do pai.

Leandro ainda é pai do cantor Thiago Costa, 35, e do empresário Leandro Borges, 26, que não conviveu com o músico.

O irmão, o também cantor Leonardo, publicou um vídeo antigo em que aparece cantando o sucesso ‘Pense em Mim’ com o irmão. “Quantas lembranças, meu irmão querido. Você está e sempre estará na minha memória e no meu coração! Te amo”, diz o artista.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas