Referência no meio-campo do Vitória, Gabriel Bispo quer encarar o Doce Mel

e.c. vitória
13.04.2021, 05:00:00
Gabriel Bispo é homem de confiança do técnico Rodrigo Chagas no meio-campo do Vitória (LETÍCIA MARTINS / ECVITÓRIA)

Referência no meio-campo do Vitória, Gabriel Bispo quer encarar o Doce Mel

Volante destaca importância do rubro-negro se classificar também no Campeonato Baiano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória não utiliza time B no estadual, como faz o rival Bahia, mas o técnico Rodrigo Chagas tem aproveitado as partidas do Campeonato Baiano para descansar titulares e dar ritmo de jogo a atletas reservas. No entanto, o jogador mais regular do meio-campo rubro-negro avisa: não quer ser poupado do próximo compromisso.

 “Quero jogar, estar em campo, estar no ritmo. Jogador quer sempre jogar. Se optar por mim, estou preparado para fazer um bom jogo”, candidata-se Gabriel Bispo. O volante sabe da importância do jogo contra o Doce Mel, quarta-feira (14), a partir das 19h30, no Barradão.

A partida é uma das três que o Leão tem para disputar em atraso no Campeonato Baiano. Com seis pontos, o time é o 8º colocado na tabela, e só os quatro primeiros avançam às semifinais. Atualmente, o Bahia ocupa a 4ª posição, com nove pontos. Se vencer o Doce Mel, o Vitória ultrapassa o tricolor no saldo de gols e já entra no G4.

“Temos que manter nosso nível de concentração para conseguir as vitórias. Independentemente da competição, acho que a pegada tem que ser a mesma. Não pode deixar cair”, prega Bispo.

O confronto com o lanterna fechará a 7ª rodada, que teve jogos em quatro datas diferentes por uma questão de administração do calendário. Já as partidas diante de Vitória da Conquista e Jacuipense, válidas pelas 2ª e 4ª rodadas, respectivamente, foram adiadas porque as equipes do interior enfrentavam surtos de covid-19 na ocasião. As novas datas ainda não foram definidas. 

Os primeiros objetivos do ano foram alcançados pelo Vitória. O rubro-negro passou pelos dois adversários que enfrentou na Copa do Brasil (Águia Negra-MS e Rio Branco-ES) e aguarda sorteio para conhecer rival e data da terceira fase. O Leão também se classificou às quartas de final da Copa do Nordeste e vai encarar o Altos, sábado, no Barradão.

Ao contrário do que ocorreu no ano passado, quando foi emprestado ao Juventude, Gabriel Bispo se firmou no time do Vitória neste começo de temporada. Entrou em campo 12 vezes, 11 delas como titular, e marcou um gol. 

Em uma autocrítica, ele avalia que no ano passado ainda não estava pronto para ter regularidade no clube. “Eu não estava maduro para chegar ao Vitória. Aí tive grandes experiências. Passei pelo Juventude, teve também o nascimento do meu filho, criei mais maturidade e responsabilidade. Hoje, graças a Deus, estou um pouco mais experiente, tenho tido evolução constante e fico feliz por essa evolução”, afirmou o jogador, que foi contratado do Bahia de Feira em 2019, após chegar à final do estadual.

Titular absoluto, Gabriel Bispo não quer deixar o posto nem para ser poupado, mas a decisão não é dele. Por causa da sequência de jogos e da partida das quartas de final da Copa do Nordeste, a tendência é que o técnico Rodrigo Chagas poupe alguns atletas diante do Doce Mel, como fez em rodadas anteriores.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas