Rodriguinho fala sobre pressão antes do Palmeiras e defende Roger

e.c. bahia
28.08.2020, 17:12:00
Um dos mais experientes do Bahia, Rodriguinho diz que time tem potencial para brigar na parte de cima da tabela da Série A (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Rodriguinho fala sobre pressão antes do Palmeiras e defende Roger

Segundo camisa 10, elenco tricolor vem se cobrando internamente

Depois de um bom início no Campeonato Brasileiro, o Bahia voltou a viver dias de turbulência. A derrota para o Ceará, na última rodada, por 2x0, no estádio do Castelão, foi o estopim para que elenco e comissão técnica voltassem a ser alvo de críticas de parte da torcida.

Um dos jogadores mais experientes do tricolor, o meia Rodriguinho afirma que o desempenho diante do time cearense também deixou os atletas incomodados. Durante entrevista na Cidade Tricolor, o camisa 10 falou que o grupo tem se cobrado e que confia que a equipe pode apresentar melhor rendimento já diante do Palmeiras, neste sábado (29), às 19h, no estádio de Pituaçu.

"A gente sabe que trabalhar na pressão é mais complicado, alguns jogadores sentem mais. Eu espero que nos próximos jogos as atuações nos deem mais tranquilidade para a gente trabalhar. O Ceará foi o único jogo que eu vejo que a equipe não produziu como vinha produzindo, contra o São Paulo foi muito bom, a equipe mostrou que tinha condições de vencer dentro do Morumbi. Mostramos que somos uma equipe qualificada e temos que demonstrar contra o Palmeiras. É uma pressão interna mesmo nossa porque sabemos que no último jogo não foi aquilo que representa a nossa equipe", afirmou.

"Foi uma semana complicada, alguns protestos, coisas que saíram da nossa tranquilidade, mas a equipe tem que mostrar que também nos momentos difíceis temos condição de fazer melhor, nos cobrar internamente para que a equipe volte ao normal, possa performar bem. É uma sequência complicada, grandes jogos. Eu prefiro, grandes jogos mostram o potencial da equipe, e estou confiante de que as coisas vão voltar para o seu caminho e vamos fazer bons jogos nessa sequência", continuou o meia.

Rodriguinho aproveitou ainda para defender o técnico Roger Machado. O treinador vem tendo o trabalho questionado por parte da torcida nas redes sociais. Durante protesto na última quarta-feira (26), membros da organizada Bamor exibiram faixas pedindo a saída de Roger. O meia elogiou o trabalho da comissão técnica e garantiu que o treinador tem o apoio dos jogadores. 

"Torcedor é bem passional. A gente entende que quando acontece uma derrota como foi, as coisas possam sair do controle. Eu fico triste porque o Roger é um cara que eu gosto muito, um treinador de excelência, tem o apoio total do grupo e a gente gosta do que tem sido feito. A gente tem se dedicado bastante para que os bons resultados possam mantê-lo no cargo porque ele é um cara querido por todos".

Com sete pontos em quatro jogos, o Bahia inicia a sexta rodada do Brasileirão na oitava colocação. Já o Palmeiras é o quinto colocado, com oito pontos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas