Roger, do Ultraje a Rigor, é condenado a pagar R$ 100 mil a artista

em alta
11.06.2021, 13:49:00
(Divulgação)

Roger, do Ultraje a Rigor, é condenado a pagar R$ 100 mil a artista

Ele ofendeu Adriana Varejão no Twitter e deve publicar retratação, determinou juíza

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O cantor Roger Moreira, vocalista da Ultraje a Rigor, foi condenado a pagar R$ 100 mil à artista plástica Adriana Varejão. O valor deve passar por correção monetária.

Segundo o Uol, a decisão da desembargadora Geórgia de Carvalho Lima determina ainda que ele publique um testo de retratação - caso contrário, deve pagar multa diária de R$ 200 por cada dia sem cumprir a ordem judicial.

Roger ofendeu Adriana no Twitter em 2017, quando a aritsta defendia a exposição Queermuseu, que aconteceu em Porto Alegre. O músico alterou uma foto da artista, desenhando cruzes nos olhos e um pênis na direção da boca. Também escreveu "puta" sobre os seios dela. 

Adriana comemorou a decisão no Instagram. Afirmou que todo dinheiro que receber desse caso será doado para ONGs que atuam em proteção da mulher, das artes e minorias. "Vitória a favor da liberdade, contra a misoginia e intolerância".

O cantor Roger não comentou o caso até agora.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas