Roger Machado quebra tabu e completa um ano no comando do Bahia

e.c. bahia
02.04.2020, 16:25:00
Atualizado: 02.04.2020, 17:29:39
Técnico Roger Machado completa um ano à frente do time do Bahia (Felipe Oliveira / Divulgação EC Bahia)

Roger Machado quebra tabu e completa um ano no comando do Bahia

Havia 13 anos que nenhum treinador alcançava essa marca no tricolor

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Roger Machado acabou com um tabu que já durava 13 anos. Nesta quinta-feira (2), o treinador completa um ano no comando do Bahia. Nenhum técnico havia alcançado essa marca no tricolor desde 2007, quando Arturzinho protagonizou o feito após 66 jogos e comemorou o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. 

“Um ano à frente do clube é uma marca importante. Pra mim é bastante positivo e permite que essa continuidade renda frutos no futuro. O trabalho está sendo bem feito e com o clube organizado da forma que está, não tenho dúvida de que logo vai resultar em conquistas”, projetou Roger Machado, 44 anos, em entrevista realizada pela assessoria de comunicação do Bahia.

“Eu percebo que, quanto mais eu permaneço no clube, mais me sinto parte dele, quero trabalhar em prol do crescimento e mais eu quero ser campeão”, completa Roger, que foi campeão baiano em 2019. Ele ainda não bateu seu recorde pessoal. Quando treinou o Grêmio, permaneceu no clube por 18 meses.

Roger esteve à beira das quatro linhas com o Bahia em 57 partidas oficiais: 23 triunfos, 17 empates, outras 17 derrotas, além de 70 gols marcados e 53 sofridos. Na estreia à beira das quatro linhas no ano passado, comemorou o triunfo por 1x0 contra o CRB, pela Copa do Brasil. Também festejou no último duelo antes da paralisação dos campeonatos, dia 14 de março: 2x0 contra o América-RN, pela Copa do Nordeste.

O ideal era que a marca fosse festejada ao lado dos jogadores e comissão técnica, mas a pandemia do novo coronavírus impede que Roger Machado esteja com apito e prancheta na mão na Cidade Tricolor. O treinador está em Porto Alegre, cidade onde nasceu, desde que o Bahia suspendeu as atividades, no dia 17 de março, para evitar o contágio da Covid-19. Ele tem contrato com o Bahia até dezembro.

De acordo com um levantamento feito pela assessoria de comunicação do Bahia, desde que Arturzinho deixou o cargo, no final de 2007, ocorreram 45 mudanças de comando no Bahia se levarmos em conta os técnicos interinos. De lá pra cá, o clube teve 28 treinadores efetivos, até contratar Roger Machado. “É uma reflexão que a gente precisa fazer. De 2007 pra cá já se passou muito tempo e somente agora um outro treinador está tendo uma continuidade”, alertou Roger.

Na atual gestão, foram duas mudanças. Em 2018, Guto Ferreira se transferiu para o Internacional e foi substituído por Enderson Moreira. No ano passado, o clube demitiu Enderson após a eliminação na Copa do Nordeste e contratou Roger Machado. Nas duas ocasiões, o auxiliar técnico Cláudio Prates atuou como técnico interino. 

Confira todos os treinadores que passaram pelo Bahia após a saída de Arturzinho, em 2007:

2008
Paulo Comelli
Arthurzinho
Roberto Cavalo
Ferdinando Teixeira

2009
Alexandre Gallo
Paulo Comelli
Sérgio Guedes
Paulo Bonamigo

2010
Renato Gaúcho
Márcio Araújo 

2011
Rogério Lourenço
Chiquinho de Assis
Vagner Benazzi
Chiquinho de Assis (interino)
René Simões
Eduardo Barroca (interino)
Joel Santana

2012
Joel Santana
Eduardo Barroca (interino)
Paulo Roberto Falcão
Eduardo Barroca (interino)
Caio Júnior
Jorginho

2013
Jorginho
Eduardo Barroca (interino)
Joel Santana
Eduardo Barroca (interino)
Chiquinho de Assis (interino)
Cristóvão Borges

2014
Marquinhos Santos
Charles Fabian (interino)
Gilson Kleina
Charles Fabian

2015
Sérgio Soares
Charles Fabian
Aroldo Moreira (interino)

2016
Doriva
Aroldo Moreira (interino)
Guto Ferreira

2017
Guto Ferreira
Jorginho
Preto Casagrande
Paulo Cézar Carpegiani

2018
Guto Ferreira
Cláudio Prates (interino)
Enderson Moreira

2019
Enderson Moreira
Cláudio Prates (interino)
Roger Machado


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas