Saiba como será o último dia do Festival Virada Salvador

entretenimento
01.01.2020, 05:30:00
Atualizado: 01.01.2020, 08:24:05
(Foto: Celia Santos/Divulgação)

Saiba como será o último dia do Festival Virada Salvador

Daniela Mercury, Saulo, Olodum e Ilê Aiyê estão na programação gratuita que acontece nesta quarta-feira (1º)

O Festival da Virada não acaba com a contagem regressiva e a chegada de 2020 vem acompanhada de mais uma maratona musical. Daniela Mercury, Saulo, Olodum e Ilê Aiyê estão entre os artistas que se apresentam nesta quarta-feira (1º), a partir das 15h, para dar as boas-vindas ao ano que se inicia. A programação gratuita acontece na Arena Daniela Mercury, instalada na orla da Boca do Rio, e inclui os artistas Danniel Vieira, Aiace, Mauro Telefunksoul e Ylaa.

Destaque da programação, a cantora Daniela Mercury realiza mais uma edição do seu tradicional projeto Pôr do Som, que acontece há 21 anos na mesma data. Na apresentação, que está prevista para começar 18h, a anfitriã convida o cantor Gerônimo, celebra os 35 anos da Axé Music e lança seu novo álbum, Perfume, que chega às plataformas digitais no dia 10.

Em uma mensagem postada no Twitter, ontem, Daniela se despediu de 2019 e anunciou seus desejos para 2020. “O novo ano será do jeito que a gente fizer! Nossa felicidade é meu grande objetivo para cada novo dia! Vamos lutar juntos por tudo que é de interesse coletivo! Venha mudar o mundo para melhor junto comigo e muita gente do bem! Feliz novo ano com mais humanidade em nossos atos!”, almejou a artista.

Outro destaque da programação é o Ilê Aiyê, que faz uma viagem por seus 40 anos de história e não deixa de fora sucessos como O Mais Belo dos Belos. “Será um show no modo do Ilê, muito cantante, dançante, com os grandes clássicos”, anuncia Vovô do Ilê, presidente e fundador do bloco afro mais antigo de Salvador. Além de um bom show, o líder do Ilê conta que deseja “um 2020 de muita paz, com menos violência e menos discriminação”.

(Foto: Divulgação)

Também no clima de comemoração, o Olodum festeja suas 40 décadas de história no último dia do Festival da Virada. “É um show especial porque é em nossa casa, lugar especial onde o Olodum fez um dos primeiros shows em Salvador, no final da década de 80”, lembra o cantor Mateus Vidal, que lidera o show com outros três vocalistas: Lazinho, Lucas e Narcizinho.

Em cerca de 1h20 de apresentação, o grupo percussivo passeia por músicas recém- lançadas nas plataformas digitais e clássicos do repertório, como Nossa Gente (Avisa Lá), Vem meu Amor, Rosa e Faraó. O show marca não só os 40 anos do Olodum, completados em abril de 2019, mas anuncia a chegada do Carnaval que esse ano homenageia as mulheres. “Que 2020 venha com paz e amor dentro do coração de cada um de nós, porque é o que a gente precisa. Mais tolerância. Carregando essa dosesinha de amor e paz, a gente pode mudar o mundo”, acredita Mateus.

Serviço
O quê: Festival Virada Salvador (Orla da Boca do Rio)
Quando: Quarta-feira (1º), a partir das 15h
Entrada gratuita
Ordem dos shows:
Danniel Vieira
Cronista do Morro (pocket)
Telefunksoul (pocket)
Daniela Mercury
Aiace (pocket)
Olodum
Ylaa (pocket)
Saulo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas