Salvador está pronta para começar vacinação na quarta (20), diz Bruno

coronavírus
14.01.2021, 13:15:28
Atualizado: 14.01.2021, 14:06:21
(Betto Jr/Secom PMS)

Salvador está pronta para começar vacinação na quarta (20), diz Bruno

Prefeito participou de reunião com ministro da Saúde

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Salvador está preparada para começar a vacinação contra a covid-19 na próxima quarta-feira (20), a partir das 10h, data de início da imunização estipulada pelo Ministério da Saúde.  A informação sobre a Campanha Nacional de Vacinação contra o novo coronavírus foi anunciada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante reunião virtual com os membros da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), dentre eles o prefeito Bruno Reis, na manhã desta quinta-feira (14).

Quem é você na fila da vacina? Confira quem será protegido primeiro

Segundo Pazuello, a Agência Nacional de Saúde (ANS) vai julgar a solicitação emergencial da aplicação das vacinas Coronavac e da Jansen até domingo. Caso aprovadas, as vacinas serão distribuídas aos estados na segunda-feira (18). No dia seguinte, acontecerá o anúncio detalhado sobre o início da Campanha Nacional de Vacinação. No dia 20, começa a vacinação de grupos prioritários.

“Inicialmente, são oito milhões de doses, que serão distribuídas para os estados na proporção do público prioritário de cada local. Salvador, como tem naturalmente 572 mil pessoas componentes desse público, receberia as doses nessa proporção. A cidade está preparada e nossa expectativa é iniciar a vacinação, já no dia 20, com a primeira dose disponibilizada. Temos a capacidade para atender universo de 100 mil pessoas por dia. Dispomos dos freezers, veículos para distribuição nas unidades de saúde, além de  mais de um milhão de seringas e agulhas para aplicação”, explicou Bruno Reis.

Bruno diz que ainda analisa a possibilidade de comprar mais doses com recursos da prefeitura, para acelerar a vacinação na cidade.

No fim da fila: algum dia vacinaremos as crianças e jovens? Quais as perspectivas?

Plano municipal
Seguindo recomendações do Ministério da Saúde, a prefeitura vai priorizar, na primeira fase, trabalhadores da saúde, a população idosa com idade igual ou superior a 75 anos, idosos com a partir de 60 anos que vivem em instituições de acolhimento (a exemplo dos abrigos), indígenas, aldeados e comunidades ribeirinhas (quando houver).

Na segunda fase, está prevista a vacinação de pessoas com idade entre 60 e 74 anos. Para a terceira fase, a meta é imunizar pessoas com comorbidades crônicas, transplantados e obesos. Já a quarta fase será voltada para trabalhadores da educação, pessoas com deficiência severa, membros das forças armadas e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, transportadores rodoviários de carga e população privada de liberdade.

No total, o público a ser vacinado nas quatro fases e nos 12 distritos sanitários de Salvador é de 571.847, a maior parte pessoas idosas entre 60 e 74 anos (185.556), seguidos daqueles com comorbidades (149.068) e trabalhadores da área da saúde (102.997).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas