Salvador Unida: hospital veterinário e bombeiros arrecadam ração para animais de rua

coronavírus
03.04.2020, 15:00:00
Atualizado: 03.04.2020, 16:13:11

Salvador Unida: hospital veterinário e bombeiros arrecadam ração para animais de rua

Coronavírus dificultou alimentação dos pets que estão nas ruas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Hospital Veterinário HPET  e a brigada de bombeiros voluntários “Brigada K9” lançou, na última quarta (1º), a campanha “Doação de Coração” para arrecadar ração para animais em situação de rua. A ação foi motivada pelo aumento no número de abandono de animais e a maior dificuldade de alimentação dos pets que estão nas ruas durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Quem deseja ajudar pode fazer as doações nas duas unidades do Hospital, nas ruas Território do Guaporé e Paraná, ambas na Pituba. Ainda é possível ajudar por meio do site do HPET, para isso, basta comprar a ração a preço de custo com o cupom “doacao”. A ração será destina automaticamente para a campanha.

“Vamos iniciar as doações com 200 kg de ração ofertada pelo HPET. É um momento em que temos acompanhado muitos casos de abandono de animais em virtude da situação difícil do Covid-19. Animais esses, que ficam sem um lar e sem alimento. Nos juntamos a Brigada K9, que já desenvolve um trabalho incrível de colaboração com os animais de rua, e esperamos arrecadar o máximo de ração possível”, destaca o Diretor do HPET, Gustavo Rocha.

Durante a pandemia do coronavírus, a Brigada K9 ampliou a atuação e distribui ração aos animais de rua em Salvador. “Há duas semanas, estamos distribuindo alimentos aos animais no centro da cidade, levando ração para protetores do Cassange, Cajazeiras e Lauro de Freitas, que muitas vezes contam com a ajuda de restaurantes para alimentar os animais. Com esses equipamentos fechados, não tem alimentação. Uma situação também que nem todos sabem é que muitos moradores de rua têm animais, ou seja, a demanda é muito grande e contamos com a colaboração de todos”, ressalta o Comandante França, da Brigada K9.

O covid-19 é de transmissão exclusiva entre seres humanos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) não há evidência de que os animais possam espalhar a doença. “Não se justifica tomar medidas contra animais de estimação, que possam comprometer o seu bem-estar", afirma a OIE.

*

O CORREIO compartilha boas ideias e atitudes de pessoas e empresas dispostas a fazer a diferença para, juntos, superar a tormenta da pandemia de coronavírus. Tem uma boa história? Compartilhe com a gente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas