Santo Antônio de Jesus: São João movimenta cerca de R$ 15 milhões, estima prefeito

bahia
25.06.2022, 16:46:00
(Divulgação)

Santo Antônio de Jesus: São João movimenta cerca de R$ 15 milhões, estima prefeito

Festejos atraíram cerca de 100 mil visitantes à cidade no Recôncavo

O São João de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, recebeu cerca de 100 mil visitantes desde o dia 22 de junho. A estimativa da prefeitura da cidade é de foram injetados na economia da cidade de R$ 15 a R$ 20 milhões no período, com a circulação de turistas e consumo nas festas.

O prefeito Genival Deolino Souza comemorou o sucesso dos festejos, após dois anos sem São João, e destaca a importância de parceria com empresas como a Ambev para essa retomada.

“Somos conhecidos por realizar o maior e melhor São João da Bahia. E neste ano, após dois anos sem poder celebrar, a expectativa era muito alta e, graças aos esforços da prefeitura, dos comerciantes, da população e, principalmente, da Ambev, que há muitos anos é nossa parceira na realização do nosso São João, conseguimos superar as expectativas”, destaca o prefeito.

(Foto: Luciano Almeida/Divulgação)

“E é um evento cascata. Os moradores da cidade que ganham dinheiro durante esse período, vão, provavelmente, gastar aqui mesmo na cidade, fazendo a economia circular”, acrescenta ele.

A Brahma, uma das marcas da Ambev, foi a cerveja oficial do São João da cidade. Na Bahia, a marca ainda é patrocinadora das festas em Amargosa, Irecê e Cruz das Almas. "O São João tem uma representatividade enorme para a cultura nordestina. Para a gente, celebrar a volta do São João e poder contribuir diretamente na renda de milhares de famílias que trabalham no São João, é um grande prazer”, diz Maurício Landi, diretor da Brahma.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas