Scheila Carvalho fala de relação com Carla Perez no Tchan: 'Só via no palco'

variedades
08.08.2020, 09:08:00
(Reproduçaõ)

Scheila Carvalho fala de relação com Carla Perez no Tchan: 'Só via no palco'

As duas se aproximaram mais depois, afirma a dançarina

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A dançarina Scheila Carvalho relembrou a relação com Carla Perez, colega de É o Tchan, durante uma live no canal Clupe da Vip, no Youtube. Carla era a estrela do grupo na época e Scheila contou que só conseguiu se aproximar da loira anos depois.

"Uma amizade é você estar na casa da pessoa, estar sempre em contato. Não foi isso que tivemos. Carla era muito ocupada. Não a via no hotel. Eu só via Carla no palco. Ela chegava em cima da hora do show por causa dos trabalhos que e fazia. Só fomos ter um contato maior depois que eu saí do É o Tchan. Hoje é tranquilo, a gente se fala, agora menos porque ela está ficando mais nos Estados Unidos", contou.

Scheila também falou de quando posou nua para a Playboy, em 1997, logo depois de ser escolhida como nova morena da banda. O ensaio fazia parte do contrato da vencedora, mas foi difícil para ela.

"No meu primeiro ensaio eu era um poço de timidez. Levei minha irmã para me acompanhar nas fotos. Eu estava morrendo de medo. Imagina uma menina lá do interior de Minas Gerais ficar nua na revista... Acho que não teria posado logo de cara se não fosse pelo contrato. Mais para frente talvez, quando eu já estava mais desinibida", avaliou.

Ela lembrou que pensava no pai, que sempre dizia que tudo bem ela ser artista, mas que não deveria posar nua. "E eu ainda precisei contrariar meu pai. Quando ele me via em frente ao espelho, fazendo pose ou dançando, ele achava que eu era diferente dos meus outros irmãos. Ele dizia que eu seria artista um dia. Ele dizia que tudo bem, menos posar nua. O fato é que meu pai morreu um ano antes de eu estrear no Tchan. Dizia para mim mesma: 'perdão, meu pai, se eu não posar vou perder o contrato", contou.

Depois, Scheila ainda faria outros quatro ensaios para a revista. Ela diz que apesar do sucesso e dos elogios, nunca ficou deslumbrada. "Não ficava envaidecida ou me achando. Mulher bonita no Brasil tem muitas. Ficava grata por tanto carinho do público em geral e dos meus fãs".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas