Sedur interdita dois estabelecimentos por descumprirem medidas na Cidade Baixa

bahia
14.01.2021, 15:36:29
Atualizado: 14.01.2021, 15:39:52
(Jefferson Peixoto/Secom)

Sedur interdita dois estabelecimentos por descumprirem medidas na Cidade Baixa

A região está sob um protocolo especial contra aglomerações por conta de festa do Senhor do Bonfim

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dois estabelecimentos localizados na Avenida Jequitaia, na Cidade Baixa, foram interditados nesta quinta-feira (14) pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) por estarem funcionando fora do horário permitido, que era a partir das 12h.

Por conta da festa simbólica em homenagem ao Senhor do Bonfim, protocolos especiais contra aglomerações foram instaurados desde às 20h de quarta-feira (13). Desde então, equipes do órgão fiscalizam e vistoriam bares, restaurantes e outros empreendimentos no bairro para que cumpram as medidas.

No total, foram vistoriados 34 estabelecimentos em cinco localidades: Ladeira Porto da Lenha, Largo da Colina Sagrada, Rua Afonso Barbuda e Comércio. Além das interdições, oito bares e um restaurante foram notificados. Os fiscais contam com apoio de agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e da Guarda Civil Municipal (GCM).

Para funcionarem, os bares e restaurantes que estão localizados no trajeto do cortejo estão proibidos de realizar atividade sonora e aglomerações. Os clubes de práticas esportivas, a exemplo dos de corrida, também não podem realizar nenhum tipo de atividade na região.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas