Seleção feminina da Holanda troca leão por leoa no escudo

Futebol
12.07.2017, 16:42:00

Seleção feminina da Holanda troca leão por leoa no escudo

Novidade será apresentada na abertura da Eurocopa, domingo (16), contra a Noruega
Seleção holandesa feminina de futebol apresenta o novo uniforme (Foto: Divulgação)

A Federação Holandesa de Futebol (KNVB) e a Nike aproveitaram a proximidade da Eurocopa feminina, que será disputada no país a partir de domingo (16), e inovou com uma ideia que aproxima o esporte das discussões de gênero. O escudo da federação, representado por um leão, foi trocado por uma leoa na camisa da seleção da Holanda. 

Segundo a federação, a mudança já estava prevista para acontecer em 2018 e foi antecipada por causa da Eurocopa. Por enquanto, o escudo com a leoa será utilizado só na partida de abertura, contra a Noruega, domingo. E passará a ser usado definitivamente no ano que vem.

A juba que caracteriza o leão sai de cena para dar lugar à leoa na camisa (Foto: Divulgação)

Holanda e Noruega estão no grupo A, junto com Dinamarca e Bélgica. Assim como a versão masculina, a Eurocopa feminina acontece de quatro em quatro anos e tem a Alemanha como atual campeã. As alemãs venceram oito das 11 edições disputadas. A Noruega tem dois títulos e a Suécia, um. A final deste ano será no dia 6 de agosto, no estádio do Twente, na cidade de Enschede.

Apesar da competição feminina não ser tão badalada quanto a masculina, há uma grande preocupação das autoridades de segurança holandesas com a ameaça terrorista. Segundo a agência France Presse, a investigação iniciou após a publicação de uma mensagem detectada pela SITE Intelligence Group, que vigia as comunicações das organizações terroristas islâmicas. O Estado Islâmico pediu, em mensagem no aplicativo Telegram, que "lobos solitários" cometam um atentado em Utrecht, durante o jogo entre Inglaterra e Escócia, que vai ser disputado no dia 19.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas