Sem vencer há seis jogos, Bahia encara o Flamengo no Maracanã

e.c. bahia
20.12.2020, 05:00:00
Bahia luta por recuperação na Série A para não voltar a frequentar zona de rebaixamento (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Sem vencer há seis jogos, Bahia encara o Flamengo no Maracanã

Tricolor vem de quatro derrotas seguidas na Série A e busca recuperação

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Situação complicada no Campeonato Brasileiro, eliminação na Copa Sul-Americana, cobrança de todos os lados. Tudo isso vai ter que ficar em segundo plano no Bahia neste domingo (20). A partir das 18h15, o Esquadrão entra em campo diante do Flamengo, no estádio do Maracanã, pela 26ª rodada da Série A.

Em jogo, o time tem muito mais que os três pontos necessários para tentar se distanciar da zona de rebaixamento. O tricolor soma quatro derrotas seguidas no Brasileirão e, na temporada, não sabe o que é vencer há seis partidas. Por isso, o momento é de recuperação.

“Estamos sem um pouco de sorte. Criamos situações de gol e não concretizamos. A bola pega na trave, o goleiro defende... A equipe tem que melhorar um pouco isso. Creio que isso vai ajudar a ter resultados para nós”, analisou o meia colombiano Índio Ramírez, que ganhou a condição de titular nos últimos dois jogos.

O problema para Mano Menezes e seus comandados é que o adversário é mais uma pedreira que o Bahia tem no campeonato. Terceiro colocado e de olho no título, o Flamengo perdeu apenas duas das 12 partidas que fez como mandante na competição nacional.

Por sinal, sair com o triunfo do Maracanã significará quebrar um tabu para o Bahia, que não vence a equipe carioca no Rio de Janeiro desde 2011. Pelo Brasileirão daquele ano, Titi, Dodô e Souza marcaram os gols no 3x1. De lá para cá, as duas equipes se enfrentaram seis vezes com o Flamengo como mandante. Foram quatro vitórias do rubro-negro e dois empates.

A outra preocupação passa diretamente pelo sistema defensivo. O Bahia tem isolada a pior defesa da Série A. Em 25 jogos, a zaga foi vazada 42 vezes. Por isso, o sinal de alerta lá trás está mais do que ligado e a atenção vai ter que ser dobrada para parar jogadores como Pedro, Bruno Henrique e Gabigol. 

Time terá mudança
Como já é costume no Bahia, Mano Menezes só vai revelar a escalação para a partida minutos antes do apito inicial. Mas após a derrota por 1x0 para o Defensa y Justicia, na Argentina, o técnico indicou que pensa em  fazer mudanças, já que a equipe está em um ritmo intenso de jogos e muitos atletas estão sofrendo com o desgaste físico.

Por isso, não vai ser surpresa se o treinador colocar em campo uma equipe bem modificada. Uma das certezas de mudança é no meio-campo. Emprestado pelo Flamengo, o volante Ronaldo não pode jogar devido a uma cláusula no contrato. Assim, Edson, Elias, Ramon e Elton disputam a posição ao lado de Gregore. O primeiro é o favorito para ficar com a vaga. 

Na defesa, Ernando pode voltar a ser escalado na lateral direita, colocando Nino Paraíba no banco e abrindo espaço para Anderson Martins voltar a ser titular na zaga.

O técnico Mano Menezes será desfalque. Suspenso por quatro jogos por causa de ofensas ao árbitro durante a derrota para o Fluminense, no primeiro turno, o treinador teve o recurso julgado e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva reduziu a pena para dois jogos. Mano ficará fora das partidas contra Flamengo e Internacional. O auxiliar Sidnei Lobo assume.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas