Seminário online vai debater futuro da educação no pós-pandemia

coronavírus
06.07.2020, 15:31:34

Seminário online vai debater futuro da educação no pós-pandemia

Secretários de educação e jovens participam do debate; Nordeste será o tema nesta terça-feira (7)

Começa nesta segunda-feira (6), às 16h, o seminário “Semana Educacional Jovem do Futuro”. O encontro virtual, que segue até o dia 10 de julho, smepre das 16h às 18h, visa abordar os principais desafios impostos pela pandemia na educação através da perspectiva das juventudes e diálogo com Secretários Estaduais de Educação de todo o país

Jovens e entusiastas da educação poderão participar, de forma remota, do seminário online realizado pelo Movimento Mapa da Educação, que tem como objetivo promover diálogo entre jovens de todas as regiões do país e tomadores de decisão, para que avancem juntos no debate sobre o futuro da educação no pós-pandemia.

Até o dia 10 de julho, o evento será transmitido pelo canal do Youtube do Mapa Educação. Nesta segunda, o debate vai compreender a região Norte; o Nordeste será o tema nesta terã (7), depois erá a vez da região Centro Oeste (8), região Sudeste (9) e região Sul (10). Nove representantes Estaduais de Educação já estão confirmados.

Pesquisa
O Movimento Mapa da Educação lançou, no dia 23 de junho, a pesquisa “Juventudes e a Pandemia do Coronavírus”, feita em parceria com o Conjuve, Unesco, Fundação Roberto Marinho, Porvir, Visão Mundial, Rede Conhecimento Social e Em Movimento.

A pesquisa contou com a participação de 33.688 jovens que mostrou como a pandemia do coronavírus impactou a rotina dos jovens. Com quatro eixos estruturantes, o eixo Educação e Aprendizagem trouxe dados importantes e preocupantes. 

Dos respondentes que estudam, 28% assumiram que já pensaram em não voltar para a escola no pós pandemia. Além disso, entre os jovens que pretendem fazer o Enem ou ainda não se decidiram, 49% já pensara em não participar da próxima edição do exame e 67% disseram que não estão conseguindo estudar desde que as aulas foram suspensas.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas