'Senta aí, macaco': Sabrina denuncia frase racista vinda da produção de A Fazenda 11

em alta
06.11.2019, 07:30:00
Atualizado: 06.11.2019, 07:47:05
(Reprodução/Record)

'Senta aí, macaco': Sabrina denuncia frase racista vinda da produção de A Fazenda 11

Hariany confirmou ter ouvido alguém chamar a amiga de macaco por detrás do vidro; veja vídeo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Antes da prova do fazendeiro, que coroou a miss Sabrina Paiva como a Fazendeira da semana no reality show A Fazenda 11, da Record, na noite desta terça-feira (5), a participante afirmou ter escutado uma ofensa racista de alguém da produção do reality rural da Record. Mais tarde, internautas divulgaram o vídeo (assista abaixo) de momentos antes dos participantes entrarem ao vivo em que é possível ouvir a ofensa racista: ‘Senta aí, macaco’, diz alguém da produção.

Em conversa com Hariany e Andréa Nóbrega, a miss comentou que foi pegar água na cozinha e escutou uma voz vinda do "vidro" que falou "senta aí, macaco". "Eu acho que aquilo foi para mim, de verdade. Eu era a única que estava tomando água. Estava todo mundo sentado, aí eu ouvi alguém dizer: ‘Senta aí, macaco’ e um palavrão”, disse Sabrina. 

Hariany confirmou: "Ele falou sim, senta aí logo, macaco". Sabrina complementou: "Juro, no vidro. Eu não estou surda". Na sequência, a conversa entre elas foi cortada e foi mostrado os peões na sala. No vídeo, é possível ver que alguns peões ficam desconfortáveis e outros aparentam não ligar para o ocorrido. Mais tarde, Sabrina ganhou a prova do fazendeiro em disputa com Andréa e Thayse. 

No Twitter, os internautas logo começaram a cobrar uma atitude da Record para apurar e punir o caso. A hashtag 'Sabrina merece respeito', bem como 'Racismo é crime' se tornaram assuntos mais comentados da rede social.

No perfil oficial de Sabrina, os assessores da miss divulgaram uma nota de repúdio e disseram que vão exigir esclarecimentos da emissora: "Nós assessores da Sabrina Paiva vamos entrar em contato com a produção do programa e vamos EXIGIR esclarecimentos. Não vamos nos calar, pela Sabrina e por todos que sofrem qualquer tipo de preconceito racial. CHEGA!! SABRINA MERECE RESPEITO".

O perfil oficial do participante Rodrigo Phavanello, namorado de Sabrina, também publicou posicionamento: "REPUDIEM SEMPRE ESSE TIPO DE COISA, NAO DEIXEM ISSO PASSAR EM BRANCO! RACISMO É CRIME, SABRINA MERECE RESPEITO".

"Racismo é crime. @recordtvoficial achem o dono dessa voz!", disse um internauta. A assessoria da Record ainda não se manifestou sobre o caso.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas