Sócios aprovam eleições a presidente do Vitória para 24 de abril

e.c. vitória
31.03.2019, 13:55:19
Atualizado: 31.03.2019, 15:03:47
Sócios aprovaram antecipação do pleito por unanimidade (Vitor Villar / CORREIO)

Sócios aprovam eleições a presidente do Vitória para 24 de abril

Escolha do novo mandatário do Leão será em dois turnos

O Vitória já tem uma data para conhecer o seu novo presidente: o próximo dia 24 de abril, uma quarta-feira. Esse foi a decisão dos sócios rubro-negros em assembleia geral realizada na manhã deste domingo (31) no Barradão.

Ficou decidido também que as eleições serão em dois turnos. Se algum candidato a presidente não receber mais da metade dos votos no dia 24 de abril, o segundo turno entre os dois mais bem votados acontecerá uma semana depois, dia 1º de maio, também uma quarta-feira.

A antecipação das eleições gerais de setembro, como manda o estatuto, para abril foi aprovada por unanimidade pelos quase 600 sócios que compareceram à assembleia. Essa foi uma maneira encontrada pelos rubro-negros de antecipar o fim do mandato do atual presidente, Ricardo David, que ia até dezembro.

Assim, serão eleitos não só um novo presidente para o Vitória como também serão formados novos conselhos Deliberativo e Fiscal. Eles serão imediatamente empossados e terão mandatos por três anos e sete meses, até o final de 2022. Ou seja, sete meses maior do que diz o estatuto.

Nesta segunda-feira (1º de abril) será publicado o edital das eleições, com todos os seus prazos. Será instituída também a Comissão Eleitoral, que estabelecerá os critérios para que os sócios se candidatem.

A data limite para a inscrição das chapas é o dia 10 de abril. A partir daí, os candidatos poderão fazer oficialmente a campanha.

Se o novo presidente for eleito no primeiro turno ele assumirá o Vitória a três dias da estreia na Série B, que deve acontecer no sábado, dia 27 de abril, contra o Botafogo-SP. Se a decisão for adiada para o segundo turno, o mandatário assumirá a três dias da segunda rodada, no Barradão, contra o Vila Nova, no dia 4 de maio.

A possibilidade de se antecipar as eleições para pôr fim ao mandato de Ricardo David surgiu logo após o rebaixamento à Série B do Brasileiro, no final do ano passado. Porém, ganhou força e tornou-se real após as eliminações nas primeiras fases da Copa do Brasil e do Campeonato Baiano.

Por um triz

Sobre a eleição, o ponto que mais levantou divergência e bate-boca entre os sócios foi em relação do número de turnos. Um grupo queria que fosse realizada em turno único, argumentando que o presidente deveria ser eleito antes do início da Série B.

Outro grupo argumentou que o estatuto devia ser seguido. Nele, diz-se que as eleições a presidente devem ser feitas em dois turnos, para que o eleito tenha mais da metade dos votos válidos. O caso foi para votação, e a proposta dos dois turnos venceu por quatro votos: 288 contra 284.

O momento mais tenso, no entanto, foi de longe a votação do novo estatuto do clube. Alguns sócios defendiam que a aprovação da reforma fosse feita ali; outros, de que o debate deveria ser postergado para depois das eleições e da formação do novo Conselho Deliberativo.

Exaltados, alguns sócios chegaram a trocar ofensas e quase brigaram diante da assembleia. Ao final, chegou-se a um acordo: a aprovação do novo estatuto foi adiada para o dia 1º de setembro, dando assim um prazo de quatro meses para que os novos conselheiros participem da reforma.

A assembleia geral de sócios foi comandada pelo atual presidente do Conselho Deliberativo do clube, Robinson Almeida. Estiveram presentes ex-presidentes do Vitória como Paulo Carneiro, Zé Rocha e Raimundo Viana. O ex-vice-presidente Manoel Matos também esteve por lá.

Confira o calendário das eleições do Vitória:

1º de abril: publicação do edital e do regimento das eleições e instituição da Comissão Eleitoral

10 de abril: prazo limite para inscrição das chapas, até as 14h; publicação das candidaturas após análise da Comissão Eleitoral

12 de abril: prazo limite para impugnação das chapas inscritas

13 de abril: prazo limite para notificação das chapas impugnadas

15 de abril: prazo limite para defesa das chapas impugnadas

16 de abril: prazo limite para decisão das impugnações e homologação das chapas inscritas

24 de abril: eleições gerais para presidente e conselhos Deliberativo e Fiscal

1º de maio: 2º turno das eleições para presidente e Conselho Fiscal (se necessário)


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vai-para-um-programa-que-te-mereca-diz-fontenelle-a-lacombe-ao-vivo/
Jornalista ficou sem graça com o comentário e afirmou estar feliz no Aqui na Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/audiencia-do-caso-davi-fiuza-e-marcada-para-abril-de-2020/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-eva-comemora-40-anos-com-dvd/
Gravação aconteceu em Belo Horizonte e contou com a participação de Durval Lelys, Léo Santana, Tomate, Mumuzinho e Wesley Safadão
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-leva-leao-para-enfrentar-caes-da-policia-em-protesto-veja-video/