Soldados do Iraque encontram 500 corpos em valas comuns

mundo
25.08.2017, 14:07:15
Atualizado: 25.08.2017, 14:18:29
(AFP)

Soldados do Iraque encontram 500 corpos em valas comuns

Os corpos pertencem a presos da prisão de Badush, que teriam sido executados pelos jihadistas em 2014

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Comando das Operações Conjuntas do Iraque anunciou nesta sexta-feira (25) que soldados do país encontraram duas valas comuns, com pelo menos 500 corpos, na comarca de Badush, a oeste da cidade de Mossul, principal reduto do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no país até julho deste ano. A informação é da EFE.

Em comunicado, o órgão explicou que os corpos pertencem a presos da prisão de Badush, que teriam sido executados pelos jihadistas quando o grupo radical conquistou a cidade em 2014. Segundo a nota, os soldados encontraram 30 corpos em uma das valas e 470 na outra. As autoridades do Iraque ainda desconhecem as identidades das vítimas.

O comandante das operações militares na província de Ninawa, cuja capital é Mossul, general Nayem al Yaburi, explicou à Agência Efe que uma comissão de especialistas vai analisar os DNAs dos restos mortais encontrados e que os resultados serão anunciados em breve.

O Iraque está realizado uma ofensiva conjunta na comarca de Tel Afar, vizinha de Badush, a última controlada pelo EI em Ninawa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas