Solenidade marca início das obras do Hospital Aliança Star em Salvador

salvador
29.06.2021, 13:59:00
Atualizado: 29.06.2021, 14:01:45
(Betto Jr./Secom)

Solenidade marca início das obras do Hospital Aliança Star em Salvador

Unidade fará parte de complexo ao lado da estrutura atual; previsão de 2,8 mil novos empregos


A solenidade de lançamento da pedra fundamental do Hospital Aliança Star aconteceu nesta terça-feira (29), em Salvador. Gerido pela Rede D'Or e pela Companhia de Participações Aliança da Bahia, o hospital tem previsão de ter obra encerrada no fim de 2023, integrando um complexo de saúde privado de 47 mil m² de área ao lado da estrutura atual do Aliança, na Avenida Juracy Magalhães Júnior. O investimento para a implantação da nova unidade é de R$ 587 milhões e a estimativa é de que 2,8 mil novos profissionais sejam contratados quando estiver em funcionamento.

O prefeito Bruno Reis esteve no evento, que teve ainda presenças do vice-presidente do conselho da Rede D’Or, Heráclito Gomes; do diretor regional da instituição, Rafael Vita; além dos secretários municipal e estadual da Saúde, Leo Prates e Fábio Vilas-Boas, respectivamente, entre outros gestores. 

Bruno destacou a importância do hospital na história da cidade. “O Aliança nasceu como um dos principais hospitais do Brasil. Nesses 30 anos, essa unidade se manteve na liderança e há muito tempo esperávamos sua ampliação para que pudesse ocorrer um salto na qualidade dos serviços. Quando houve a celebração da parceria com a Rede D’Or comemoramos, porque sabíamos da capacidade de gestão e dos investimentos que viriam”, avaliou.

Ele acredita que a nova estrutura vai fazer com que Salvador se torne um polo de serviços de saúde. "Vamos consolidar nossa cidade nessa região. Existem outros investimentos privados que, somados aos esforços do grupo D’Or, irão gerar diretamente, nos próximos anos, 7 mil empregos diretos. Teremos a capacidade de atrair milhares de pessoas de todos os cantos do Brasil que virão aqui para buscar atendimento, fazer cirurgias e ter acompanhamento médico”, disse. 

A prefeitura trabalha na desburocratização para agilizar processos de licenciamento e também na concessão de incentivos fiscais para atrair empreendimentos desse tipo para Salvador.

Nova unidade
O complexo Aliança Star vai oferecer assistência personalizada, disponibilizando serviço nível premium com corpo médico de alta qualificação. As obras também incluem a modernização do centro cirúrgico atual e ampliação da capacidade operacional.

Com a ampliação, o volume de atendimento médico vai passar de 173 leitos atuais para 369. A emergência também vai passar de 40 mil atendimentos por ano para 120 mil no mesmo período.

A capacidade anual de internações, por sua vez, sairá de 10 mil para 23 mil e o teto de cirurgias por ano duplicará, indo de seis mil para 12 mil após a expansão.

Além do Aliança, a Rede D’Or é responsável pela gestão dos hospitais São Rafael, Cardiopulomar e Centro de Hematologia e Oncologia da Bahia. “Essa companhia entende que tem obrigações junto aos cidadãos, não apenas com clientes de planos privados que nos procura. Na pandemia, já investimos cerca de R$ 320 milhões, auxiliando diversas prefeituras e estados no Brasil afora”, afirmou o vice-presidente do conselho da Rede D’Or, Heráclito Gomes.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas