STJD marca julgamento de recursos de briga na final do Nordestão

e.c. bahia
12.07.2021, 16:33:00
Atualizado: 12.07.2021, 16:36:49
Confusão teve início após o apito final e a confirmação do título da Copa do Nordeste para o Bahia (Foto: Kely Pereira/Agif/Estadão Conteúdo)

STJD marca julgamento de recursos de briga na final do Nordestão

Jogadores de Bahia e Ceará vão ter casos analisados

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou a data do julgamento dos recursos dos atletas envolvidos na briga generalizada na final da Copa do Nordeste, entre Bahia e Ceará, no Castelão.  Os casos serão analisados pelo Pleno do órgão, na próxima quinta-feira (15).

Pelo lado do Bahia, vão ser julgados o zagueiro Juninho e o meia Daniel. Os dois foram punidos com seis jogos de suspensão. Após cumprirem duas partidas da pena, eles receberam o benefício do efeito suspensivo e vêm jogando normalmente no Brasileirão.

No caso de Juninho, caso a punição seja mantida, ele pode não cumprir a suspensão já que está em negociação com o futebol dinamarquês e deve deixar o tricolor. Além da dupla, Nino Paraíba também esteve envolvido na confusão. O lateral pegou gancho de sete jogos. Como já cumpriu a pena, ele só será impedido de jogar caso tenha a quantidade de partidas alterada.

Já no Ceará, vão ser julgados os atacantes Mendoza (oito jogos) e Jael (sete partidas) e o lateral Gabriel Dias (seis jogos).

Como a Copa do Nordeste tem a chancela da CBF, caso sejam punidos os jogadores do Ceará vão ter que cumprir a pena no Campeonato Brasileiro. Já os jogadores do Bahia podem ficar fora da Série A e da Copa do Brasil, já que o tricolor está nas oitavas de final do torneio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas