Suspeito de estuprar bebê de 4 meses, é 'laçado' por vaqueiro e acaba preso

bahia
24.02.2018, 12:22:00
Atualizado: 25.02.2018, 09:42:10

Suspeito de estuprar bebê de 4 meses, é 'laçado' por vaqueiro e acaba preso

Crime ocorreu em Belmonte, Extremo-Sul do estado; ele era procurado por força-tarefa das polícias Civil e Militar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Rairone Moura dos Santos, que não teve a idade informada, suspeito do estupro de um bebê de 4 meses, na cidade de Belmonte, Extremo-Sul baiano, foi capturado em uma fazenda, na localidade de Boca do Córrego, por policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica e da 8ª Companhia Independente da PM (CIPM/Itapetinga). 

Por conta da dificuldade de locomoção dos militares no local onde ele estava escondido, foi preciso a ajuda de um vaqueiro, que laçou o acusado, após o cerco montado pelos policiais. As informações são da Secretaria da Segurança Pública (SSP). 

Policiais civis e militares montaram uma força-tarefa com a finalidade de capturar Rairone, que tentou atacar uma mulher e raptou o bebê, no domingo (18). A operação policial usou lanchas, motocicletas, cavalos, além da ajuda de guias locais, nas buscas do suspeito.

Policiais utilizam barco em busca por Rairone (Foto: Divulgação/SSP)

Rairone, conhecido como Eron, tinha mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de Belmonte, a pedido do delegado Wendel Ferreira. Ele foi localizado e preso pela força-tarefa na tarde desta sexta-feira (23). No dia do crime, o suspeito invadiu a casa das vítimas - a mulher conseguiu fugir levando a filha de 9 anos. 

"Preciso destacar o empenho dos policiais envolvidos na ação, que inclusive tiveram que utilizar cavalos para chegar ao local onde o bandido estava escondido", afirmou o comandante da Cipe Mata Atlântica, major Ronivaldo Pontes.

Segundo ele, os policiais tiveram de conter a população ao chegarem no distrito onde ocorreu o crime. "Uma multidão estava à espera das equipes para aplaudir, mas muitos exaltados queriam linchar o acusado. Foi uma grande missão conseguir chegar à unidade da Polícia Civil (em Belmonte) e apresentar Eron sem que acontecesse outra tragédia", finalizou o major.

Crime
O bebê foi socorrido após ser encontrado em uma estrada que liga os distritos de Santa Maria Eterna e Boca do Córrego, na BA-982, apresentando lesões características de abuso sexual.

Segundo a mãe da criança, o estuprador já havia a violentado, mas dessa vez ela conseguiu fugir de casa com uma filha de 9 anos, porém o bebê foi capturado por Eron.

De acordo com o delegado Moisés Damasceno, responsável pela 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Eunápolis, Rairone pode pegar até 15 anos de prisão por estupro de vulnerável. 

O suspeito foi levado para a sede da 23ª Coorpin/Eunápolis, onde teve o mandado de prisão preventiva cumprido. “Fomos informados do crime no domingo (18) e no mesmo dia ouvimos a mãe do bebê e testemunhas. Na segunda (20), a juíza da comarca de Belmonte deferiu a prisão solicitada pelo delegado Wendel Ferreira”, explicou Damasceno.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas