Tanajura explica mudanças e lamenta eliminação na Copa do Nordeste

e.c. vitória
24.04.2021, 20:12:00
Tanajura falou sobre falhas na bola parada e contra-ataque do Ceará (Foto: Vitor Villar/CORREIO)

Tanajura explica mudanças e lamenta eliminação na Copa do Nordeste

Para o treinador, Leão cresceu no segundo tempo, mas os gols não saíram

Substituto de Rodrigo Chagas - suspenso -, no comando do Vitória durante o confronto com o Ceará, pela semifinal da Copa do Nordeste, o auxiliar Flávio Tanajura lamentou a derrota por 2x0 e eliminação no torneio nacional.

Na avaliação de Tanajura, o time cometeu erros nos dois pontos mais fortes do Ceará e acabou pagando o preço.

"Infelizmente não conseguimos o resultado esperado, que era chegar na final da Copa do Nordeste. Acho que no primeiro tempo devemos um pouco. Tivemos duas situações, uma de bola parada do gol deles e outra da transição do contra-ataque, e em vacilos nossos levamos o gol", disse Tanajura.

O treinador explicou ainda sobre as mudanças que fez no segundo tempo. Na análise dele, o Vitória subiu de produção, mas não conseguiu traduzir o bom momento em gols. 

"Vico estava amarelado, nós até tentamos fazer a troca, passar Vico para um lado e David para o outro. A gente já tinha feito essas alternativas de troca, como a entrada de Wesley e Catatau jogando por dentro, já que Samuel não estava conseguindo render, a bola não estava chegando nele. Tentamos ainda o Caíque Souza, um jogador mais descansado para tentar atacar a linha. Melhoramos no segundo tempo, tivemos mais posse de bola, mas não conseguimos traduzir em gol", disse. 

Eliminado do Nordestão, o Vitória agora foca no Campeonato Baiano. Nesta quarta-feira (28)l, o Leão recebe o Vitória da Conquista, às 19h30, no Barradão, em jogo atrasado da segunda rodada do estadual.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas