Taxista foi atraído para emboscada e morto com estaca em Feira

bahia
16.01.2018, 14:07:00
Atualizado: 16.01.2018, 18:00:39
(Reprodução/Facebook)

Taxista foi atraído para emboscada e morto com estaca em Feira

Preso, autor disse que tentou se vingar pois vítima o teria denunciado à polícia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Luiz Carlos Costa Sacramento, acusado de matar o taxista Pascoal Dias Dos Santos, 72 anos, no dia 7 deste mês, em Feira de Santana, foi preso na quinta-feira (11) pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) da cidade. Ele confessou o assassinato e diz que agiu como vingança, porque o taxista teria denunciado suas atividades criminosas para a polícia.

A investigação começou quando o corpo de Pascoal foi achado dentro de um carro queimado em Feira. “A equipe encontrou um corpo dentro do veículo. Depois descobriu que se tratava de Pascoal e que o carro, um VW Voyage era utilizado como táxi por ele, prosseguiram com a investigação”, explica o delegado André Ribeiro, titular da DRFR/Feira. 

Em depoimento, Luiz Carlos confessou que matou o taxista porque soube que Pascoal estava denunciando à polícia seus roubos. Ele contou que no dia do crime chamou o motorista para fazer uma corrida até o município de Antônio Cardoso. Ele pediu que o taxista seguisse por um caminho alternativo, menos movimentado, afirmando que ia precisar parar para fazer xixi. Quando Pascoal parou, Luiz partiu para cima dele. 

A vítima conseguiu escapar da primeira tentativa de esganamento e tentou correr para uma fazenda próxima. No caminho, o taxista foi alcançado e golpeado com uma estaca várias vezes.

Temendo ser identificado, o bandido queimou o cadáver dentro do carro. Preso, ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Feira de Santana.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas