Taxistas de Salvador podem cobrar bandeira 2 a partir desta quarta-feira (1º)

salvador
30.11.2021, 18:10:00
(Foto: Arquivo CORREIO)

Taxistas de Salvador podem cobrar bandeira 2 a partir desta quarta-feira (1º)

Valor vai passar de R$ 2,45 para R$ 3,38.

A partir desta quarta-feira (1º) os taxistas de Salvador já podem cobrar a bandeira 2 nas viagens. O reajuste na cobrança é legalizado e facultativo, e terá validade até o dia 2 de janeiro de 2022. A bandeira 1 custa R$ 2,45 e a bandeira 2 custa R$ 3,38, o que implica em um aumento de 38% nos valores das corridas, aos que quiserem andar de táxi. Atualmente, a taxa já é cobrada aos fins de semana, feriados e no horário entre às 21h e às 6h.

O presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Adenilton Paim, acredita que vai prevalecer o bom senso. Ele disse que a categoria tem percebido movimento maior de passageiros e acredita que isso tem relação com os preços praticados nas corridas de carros por aplicativo.

“Como todos os anos, a cobrança da bandeira 2 não será obrigatória. O taxista vai decidir e pode negociar isso com o passageiro. Em relação aos aplicativos, os passageiros tem retornado mais para o táxi devido ao aumento e a variação dos preços nos aplicativos, principalmente em dias de chuva. No táxi, o preço é fixo”, afirmou.

Ele contou que vai se reunir com representantes da Prefeitura para discutir as pautas da categoria nos próximos dias. “Estamos tentando uma reunião, como sempre fazemos todo final de ano. Vamos conversar sobre os eventos da cidade, principalmente os privados, sobre a falta de pontos de táxi e sobre os excessos da fiscalização”, contou.

A reunião ainda não tem data marcada. Um decreto estadual publicado no Diário Oficial, nesta segunda-feira (29), ampliou a quantidade de publico nos eventos na Bahia de 3 mil para 5 mil pessoas.

A medida vale para cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais, em logradouros públicos ou privados, circos, parques de exposições, solenidades de formatura, feiras, passeatas e afins; funcionamento de zoológicos, parques de diversões, museus e similares, desde que observados os protocolos sanitários. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas