Técnico do Vitória critica gol, aceita vaias e promete mudanças

e.c. vitória
19.05.2022, 00:05:00
Mateus Moraes e Miller disputam a bola para o Vitória durante derrota para o Botafogo-PB (ARISSON MARINHO / CORREIO)

Técnico do Vitória critica gol, aceita vaias e promete mudanças

"Alguns não conseguiram jogar com a camisa pesada do Vitória", diz Fabiano Soares

A derrota do Vitória para o Botafogo-PB foi sacramentada aos 20 segundos do 2º tempo, após cobrança rápida de falta da equipe paraibana. Nadson sofreu falta próximo à área, levantou e cobrou rápido para Adilson Bahia. A defesa do Leão não acompanhou e o atacante, de cara para o gol, estufou a rede do Barradão determinando o placar do jogo disputado na noite desta quarta-feira (18): 1x0. Após o apito final, o técnico Fabiano Soares criticou o próprio time pela forma como o tento foi sofrido. 

"O gol hoje, nem uma equipe juvenil pode tomar. Foi demérito nosso. Temos que aprender a competir, a ter um time mais maduro. A camisa é muito pesada e, às vezes, quando jogamos aqui no Barradão, os jogadores sentem. Isso vai ser corrigido e melhorado. Vamos seguir com o Campeonato", afirmou o comandante rubro-negro, que assumiu a culpa pelo resultado. 

"Eu sou o grande responsável. Acho que praticamos um futebol muito ruim. Eu sou o grande culpado. A torcida tem razão de reclamar. O Vitória não pode jogar dessa maneira. Nós vamos corrigir isso. Serão novos tipos de jogadores que coloquem a alma e a força que tem o Vitória", prometeu Fabiano Soares. 

Com o resultado, o Vitória se afundou na zona de rebaixamento. Com apenas quatro pontos somados, o rubro-negro caiu uma posição e agora amarga a 18ª, à frente somente de Atlético-CE e Altos. O Leão volta a entrar em campo no domingo (22), às 17h, contra o Confiança, no Barradão. 

"Primeiro deixar claro que a responsabilidade é minha. Medidas serão tomadas porque a camisa do Vitória é muito pesada. Nesse tempo que estive aqui, vi que alguns não conseguiram jogar com a camisa pesada do Vitória. Então alguns vão ter que tomar a frente no domingo para que a gente possa conquistar os três pontos.", afirmou o treinador, que não quis citar nomes. 

"O único que posso dizer é que vão entrar onze homens para honrar a camisa, a história, e conseguir os três pontos para o Vitória. Depois de quatro jogos, eu já conheço alguns jogadores e vou fazer de tudo para competir. Temos que ser mais agressivos. Aprender a competir. E assim vamos fazer. Por bem ou por mal, vamos aprender", avisou Fabiano Soares.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas