Tecon bate recorde de movimentação no Porto de Salvador

donaldson gomes
14.01.2022, 05:00:00

Tecon bate recorde de movimentação no Porto de Salvador

Novo recorde
A Wilson Sons fecha 2021 com crescimento de 10% na movimentação de cargas no Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon Salvador). Entre janeiro e dezembro, o terminal baiano recebeu 376,4 mil TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) – o maior volume já movimentado no local. A importação teve destaque, impulsionada pelo segmento de energia renovável, que cresceu 78% em relação ao ano anterior. Chegaram ao terminal 13 mil TEUs, com equipamentos destinados, principalmente, a projetos de energia solar no interior do Nordeste e Norte de Minas Gerais. As cargas em geral registraram alta de 90%, com o desembarque de 64 mil toneladas de trilhos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). Mas houve aumento também na movimentação de produtos químicos (+40% ) e granéis (+5%), com fertilizantes. Demir Lourenço, diretor executivo do Tecon, destacou a movimentação de equipamentos para a produção de energia renovável no local. “A movimentação de cargas para a produção de energia renovável cresceu em 2021 e certamente será a estrela de 2022 e nos próximos anos”, avalia. “Lá atrás a gente identificou esse mercado com potencial imenso. Hoje movimentamos não só cargas da Bahia, mas de outros estados”. 

Exportações
No envio de cargas para o exterior, por outro lado, apresentou um decréscimo em torno de 5%. “Bom resultado diante das circunstâncias”, aponta Lourenço. Ele lembra que em 2021 o mercado local foi impactado pelo fechamento da Ford e pela retração de atividades em diversos setores. “Em relação às exportações, não tivemos um ano brilhante, mas terminou melhor do que se desenhava inicialmente”, pondera. Este ano o Tecon deve continuar apostando numa atuação ativa em busca de cargas. “Este ano tivemos uma ampliação na movimentação de algodão e conseguimos atrair carne do Tocantins. Estamos trabalhando buscando mercado em regiões mais distantes da Bahia e em outros estados, como Minas, Tocantins, Goiás, Pernambuco e Sergipe”, exemplifica. 

Transbordo 
Outro destaque positivo no terminal de contêineres foi o aumento de 63% nas operações de transbordo, quando um navio de grande porte chega do exterior e utiliza o terminal para transferir a carga para outro, de menores dimensões. O Porto de Salvador foi bastante utilizado para esse tipo de operações com cargas direcionadas à Argentina, uma vez que o Rio da Prata já não comporta alguns tipos de embarcações. O Tecon Salvador, por outro lado, está apto a receber, simultaneamente, dois navios New Panamax, os maiores porta-contêineres do mercado mundial e tendência das principais rotas comerciais globais.

Isso preocupa...
Uma preocupação, não apenas para o Tecon, mas para boa parte do setor portuário nos próximos anos, foi o veto do presidente Jair Bolsonaro à prorrogação do Reporto – que suspende a cobrança de IPI, Pis/Cofins e o Imposto de Importação para máquinas e equipamentos usados em operações portuárias e também no setor ferroviário. “Sem o Reporto, os investimentos em modernização encarecem em mais de 50%”, calcula Demir Lourenço, diretor executivo do Tecon. “Equipamentos portuários são extremamente caros. Tanto nós quanto todos os outros terminaris que se comprometeram com investimentos – eu tenho um cronograma pesado até final do contrato – e tudo foi feito levando-se em consideração o Reporto”, diz. 

Novos mercados
Líder na região Nordeste, a ACT Assessoria para Crédito Imobiliário inicia o ano, ampliando a sua capacidade de atendimento ao público. Sediada em Salvador, a empresa inaugura, em fevereiro, a sua primeira filial, em Feira de Santana. Os planos para 2022 incluem ainda novas unidades nas regiões Sul e Oeste da Bahia, além de chegar a todas as capitais nordestinas. A ACT atua em todo território nacional através de atendimento remoto, mas com foco no Nordeste. Na Bahia, a ACT fechou 2021 com crescimento de 120% nas operações de financiamento imobiliário, comparando-se com o ano anterior. O tíquete médio dos financiamentos realizados foi de R$ 350 mil.

Novas conquistas
A empresa baiana de home care S.O.S. Vida tem boas perspectivas para 2022, quando completa 35 anos e espera crescer 8%. Além do aniversário, existem outros motivos para comemorar, como o crescimento de 11% de 2019 a 2021 e a reacreditação internacional da JCI (Joint Commission International), uma das mais rigorosas instituições certificadoras na área da saúde em todo o mundo. A unidade de Sergipe acabou de conquistar a renovação da acreditação, processo que a unidade baiana realizou em 2021.

Em expansão 
O Shopping Center Lapa encerrou  2021 com 24 novas operações e a temporada de inauguração continuará com a chegada de uma unidade das Lojas Pernambucanas, Clínica Sim e Farmácia Ultra Popular nos próximos meses. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas