Tem um negócio? Descubra quando você deve contratar contabilidade e gestão financeira

economia
26.10.2020, 06:00:00
As informações geradas pelas assessorias contábil e a gestão financeira possibilitam uma gestão do negócio mais eficaz (Shutterstock/reprodução)

Tem um negócio? Descubra quando você deve contratar contabilidade e gestão financeira

Saiba a importância dos serviços para o seu negócio

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dados extraídos do Global Entrepreneurship Monitor (GEM, 2019) mostram que o perfil do empreendedor brasileiro se distancia do clichê do empresário e, apesar desse retrato ser variado, muitos deles costumam tomar decisões baseados no sentimento sobre os negócios e não em dados reais e planejamento. O resultado disso, na maioria das situações, é a falência e a insolvência desses empreendimentos. 

As informações que possibilitam um planejamento e a gestão do negócio de modo mais eficaz podem ser obtidas através da gestão financeira e do serviço de contabilidade.O serviço de contabilidade, por exemplo, é obrigatório para todas empresas, não importando o porte ou regime tributário. Os únicos que não tem a obrigatoriedade do serviço do contador são os Microempreendedores Individuais, os MEIs. 

O gerente de Controladoria e Planejamento Financeiro da Hesselbach Company Eduardo Belli Neto salienta que, ao longo dos anos, a contabilidade vem evoluindo e se adaptando às novas necessidades das organizações, no encontro dessas mudanças no ambiente empresarial. “É necessário esclarecer que a Contabilidade e a Gestão Financeira possuem uma sinergia importante que está relacionada com o Planejamento Financeiro da organização. A Contabilidade é gerida pelo Princípio de Competência e a Gestão Financeira é gerida pelo Princípio de Caixa”, complementa.

Eduardo Belli Neto reforça a importância de que a contabilidade e a gestão financeira trabalhem de forma complementar visando o lucro do negócio (Foto: Divulgação)

Belli Neto explica ainda que a  gestão em Contabilidade busca estruturar e apresentar as informações da organização, utilizando as melhores práticas a fim de reduzir os riscos e garantir a correta tomada de decisão. A Gestão Financeira visa administrar e controlar as entradas e saídas de recursos derivados da atividade da empresa. “É preciso salientar que existe uma grande semelhança entre os serviços da Contabilidade e a Gestão Financeira, pois ambas através de suas atribuições buscam gerar melhores resultados para a empresa, o lucro”, reforça. 

Serviços essenciais

O representante da empresa Contabilizei Bruno Ferreira salienta que esses serviços são essenciais para qualquer empreendedor, pois além de indispensáveis para a tomada de decisões, viabilizam a construção de uma história para esse negócio. “ A relação com o contador inicia junto com o desejo, sonho, necessidade de abrir um CNPJ e essa relação permanece durante toda vida da empresa”, completa, lembrando que muitas empresas de grande porte dispõem de departamentos contábeis e financeiros que atendem essas demandas e estabelecem o norte para a tomada de decisão pelos empreendedores. “As micro e pequenas empresas optam pela contratação externa destes serviços, pois além de ser economicamente viável, é fundamental para que o empresário se muna de informações gerenciais contábeis e financeiras para a tomada de decisão”, diz. 

Bruno pontua que as plataformas digitais também são ferramentas importantes que ajudam o empreendedor a ter acesso mais rápido a suas informações, e permitem que os dados sejam analisados mais facilmente pelo contador. “É justamente a análise dos dados que viabiliza com que o contador também possa exercer uma função de consultor de negócios ao empreendedor, o auxiliando em tomadas de decisões”, pontua.

Já a gestão financeira tem o papel de melhorar os resultados da empresa através da geração do lucro líquido, além de garantir o fluxo de caixa e capital de giro que são essenciais para a saúde financeira da organização. “Para saber quanto a empresa precisa vender para não ter prejuízo, quanto tem a receber, a pagar, e quais são os gastos que precisará desembolsar nos próximos dias, semanas, meses, esse é o papel de uma boa gestão financeira. Mas é importante destacar que o ideal é sempre integrar a gestão financeira à gestão contábil”, completa. 

Bom contrato

Bruno Ferreira lembra que para contratar bons serviços, é importante conhecer bem o parceiro e ter todas as informações sobre a sua atuação, seja tradicional ou serviços que atuam de forma online. “Em ambos casos é importante verificar a reputação da empresa nas redes sociais, Reclame Aqui, Google, além de checar a idoneidade e, especialmente, buscar referências com clientes destes serviços”, orienta, pontuando que na Contabilizei, por exemplo, a preocupação é com a experiência dos  clientes e no atendimento humanizado. 

Belli Neto diz que, além de buscar referências no mercado, a empresa deve se identificar e ter confiança nessa parceria e, acima de tudo, entender que esses serviços fazem parte da estratégia e do crescimento da empresa, que a assessoria ou consultoria trará novos conhecimentos e atualização em relação as evoluções de mercado, possibilitando assim o alcance mais rápido dos resultados. 
 
HORA CERTA

•    A princípio, qualquer empresa pode dispor de uma gestão financeira e de uma assessoria contábil, independentemente do seu porte ou ramo de atuação;

•    A consultoria deve ser encarada como um investimento que terá um determinado retorno, e não ser encarada como um gasto a mais da empresa;

•    As constantes mudanças legais, operacionais e econômicas impactam diretamente nas atividades de um negócio. Muitos administradores  - preocupados com a atividade-fim da empresa - acabam por comprometer as iniciativas desses serviços tão essenciais. Essa é uma das situações onde a contratação dos serviços de Contabilidade e de Gestão Financeira se faz necessário; 

•    A assessoria contábil e financeira oferecem orientações fundamentadas tecnicamente, possibilitando que a  empresa possa expandir negócios, tornar-se mais competitiva, aumentar seus lucros, não perder espaço para seus concorrentes;

•    Orientações a ajudarão nas decisões, equilibrando as receitas e despesas e, por fim, gerando o conhecimento dessa consultoria contábil e financeira como parte da credibilidade e atributo diferenciado da empresa num ambiente empresarial competitivo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas