Tiete vip: elenco do Vitória encontra Durval Lelys durante viagem

e.c. vitória
16.11.2019, 18:58:00
Atualizado: 18.11.2019, 11:06:44
Durval Lelys posa ao lado do técnico Geninho e do preparador físico Ednilson Sena (EC Vitória/Divulgação)

Tiete vip: elenco do Vitória encontra Durval Lelys durante viagem

Delegação rubro-negra se prepara para último jogo como visitante nesta Série B

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pausa para sorrisos e tietagem durante a viagem do elenco do Vitória de Belo Horizonte para Curitiba. Torcedor do clube, o cantor Durval Lelys encontrou a delegação rubro-negra na conexão em São Paulo e posou para fotos. O time chegou neste sábado (16) à capital do Paraná, onde ficará até segunda-feira (17), quando viajará para Ponta Grossa, local do jogo contra o Operário.

Na terça (19), às 21h30, o rubro-negro fará a penúltima apresentação nesta edição da Série B, a última fora de casa, no estádio Germano Krüger. O Leão soma 42 pontos e o adversário, 49. 

Um triunfo contra a equipe paranaense ajudará o Vitória a melhorar sua estatística como visitante. Na luta contra o rebaixamento durante todo o campeonato, o rubro-negro deixou a desejar em território adversário. 

Em 18 jogos, o Leão somou 17 pontos de 54 possíveis e tem um rendimento de 31,48% longe de Salvador. Foram nove derrotas, cinco empates e quatro triunfos, contra CRB (1x0), Vila Nova (2x0), Cuiabá (3x1) e Ponte Preta (2x1).

A defesa também deixou a desejar diante da torcida rival. Ao lado do Londrina, o Vitória foi o time que mais sofreu gols como visitante: 28.

O Vitória entrará em campo reforçado para tentar melhorar os números. Suspensos na derrota por 2x1 para o América-MG, sexta-feira (15), no estádio Independência, os laterais Thiago Carleto e Van retornam ao time.

Os substitutos Capa e Matheus Rocha não tiveram boas atuações em Belo Horizonte e voltam a ser opções no banco de reservas. “Capa tem a seu favor o fato de vir há mais de um mês sem fazer uma partida. Sentiu a falta de ritmo. O próprio Matheus Rocha sentiu também”, ponderou Geninho ao avaliar o rendimento dos atletas contra o América-MG.   

Reta final
Após o jogo contra o Operário, o Vitória encerrará em casa sua participação na Série B. O Leão jogará a 38ª rodada no dia 30, contra outra equipe paranaense, o Coritiba, às 16h30, no Barradão. 

“O Operário-PR vai ser outra parada difícil. Depois nós temos o Coritiba, que muito provavelmente, vai definir sua vida lá”, projetou o técnico Geninho. O Coxa é o terceiro colocado com 60 pontos, na briga por uma das quatro vagas de acesso à Série A.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas