Time de transição entra em reta final de preparação para o Baiano

e.c. bahia
16.02.2021, 07:00:00
Time de transição vai representar o Bahia na disputa do Campeonato Baiano (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Time de transição entra em reta final de preparação para o Baiano

Equipe alternativa do Bahia estreia no estadual no próximo domingo (21), contra a Juazeirense

Enquanto o time principal do Bahia foca nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, o grupo de transição entra na última semana de preparação para a estreia no Campeonato Baiano 2021. Domingo, o time treinado por Cláudio Prates entra em campo diante da Juazeirense, às 16h, na Fonte Nova.

Sob o comando de Cláudio Prates, auxiliar de Dado Cavalcanti no time principal, a equipe tem a missão de manter a hegemonia estadual e disputará o torneio em busca do tetracampeonato, algo que não acontece desde as conquistas de 1981, 82, 83 e 84.

Durante a preparação, a equipe de transição realizou dois amistosos: empatou com o Jacuipense por 1x1 e venceu o Unirb por 1x0. Os dois times serão rivais durante o estadual.

Com um time mesclado entre remanescentes do grupo que disputou parte do Baianão 2020, atletas promovidos da base e caras novas que chegaram para compor o elenco, Cláudio Prates já tem um esboço do que vai ser o Esquadrão nas primeiras rodadas do torneio, mas o grupo ainda está em formação. 

Nas últimas semanas, desembarcaram na Cidade Tricolor o meia Jeremias, que jogou a Série C pelo Santa Cruz; o volante Ranielle, que defendeu o Jacuipense na terceira divisão nacional e o Botafogo-SP durante a Série B; e o atacante Gustavo Brinquedo, emprestado pelo Ituano. Do trio, Jeremias já mostrou o cartão de visitas e foi o autor do gol na vitória sobre o Unirb. Assim como Ranielle, ele aguarda a regularização na CBF para poder estrear.

Pelo menos nas rodadas iniciais, Cláudio Prates não deve contar com os volantes Patrick de Lucca e Luiz Felipe, o zagueiro Everson e o atacante Marcelo Ryan, que estão sendo utilizados por Dado Cavalcanti no Brasileirão. 

Uma ideia do que pode ser o time de transição do Bahia tem: Leandro, Renan Guedes, Gustavo Henrique, Sérgio Baiano e Mayk; Caio Mello, Bruno Camilo e Jeremias; Daniel Penha, Ronaldo e Gustavo.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas