Tiros e violência: grupo tenta furtar banco e ataca ônibus em Castelo Branco

salvador
22.05.2020, 07:25:00
Atualizado: 22.05.2020, 10:12:00
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)

Tiros e violência: grupo tenta furtar banco e ataca ônibus em Castelo Branco

Um rodoviário foi atingido no ombro e socorrido para o HGE

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A agência da Caixa Econômica Federal, situada na  Rua Genaro de Carvalho, na 1ª Etapa de Castelo Branco, foi alvo de explosão e tentativa de furto na madrugada desta sexta-feira (22). De acordo com informações da polícia militar, o crime ocorreu por volta das 3h30. A polícia foi acionada, mas quando chegou ao local os bandidos já haviam fugido.

Na fuga, os bandidos saíram atirando e dispararam contra um ônibus que fazia apanha dos rodoviários e transportava 18 profissionais no momento. O cobrador Marcelo Machado, 47 anos, acabou atingido no ombro pelos disparos e foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE). Em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, o rodoviário Walter Manuel, que dirigiu o ônibus logo após o atentado, disse que os bandidos agiram com muita violência e que a vítima permanece hospitalizada, mas passa bem. O diretor do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota, informou que Marcelo teve alta antes das 10h desta sexta-feira.

(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)
(Foto: Daniel Aloísio/CORREIO)

Equipes da 47ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/São Marcos) e da 48ª CIPM (Sussuarana) foram enviadas para o local após denúncia de moradores e, ao chegarem lá, constataram que a agência havia sido violada. Populares informaram à polícia que cerca de 20 indivíduos, fortemente armados, efetuaram vários disparos de arma de fogo e utilizaram explosivos na tentativa de arrombar os caixas eletrônicos do estabelecimento bancário, porém não obtiveram êxito na ação e fugiram após as tentativas frustradas. 

Ainda segundo a polícia, um preposto da empresa Interfort, responsável pelo monitoramento eletrônico da agência esteve no local e constatou que dois terminais de auto atendimento foram violados e que os bandidos fugiran sem levar dinheiro nem equipamentos da agência.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas