Toque de recolher em 22 municípios da Bahia vai até este domingo (2)

coronavírus
02.08.2020, 12:47:00
Atualizado: 02.08.2020, 12:48:40
(Foto: Arisson Marinho/Arquivo CORREIO)

Toque de recolher em 22 municípios da Bahia vai até este domingo (2)

Quem está a mais tempo sob as restrições é Coribe, cujo decreto é do início de julho

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Até a meia-noite deste domingo (2), a Bahia tem 22 cidades com toque de recolher decretado para conter o avanço do coronavírus. Desde o último dia 26 de julho, moradores de municípios como América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Bonito, Cafarnaum, Canarana e Central não podem sair a não ser para serviços essenciais, das 18h às 05h. 

Além dessas cidades, as medidas de restrição de circulação foram decretadas em Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Irecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Morro do Chapéu, Mulugu do Morro, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, São Gabriel, Tapiramutá e Uibaí. 

Entre as 22 cidades, Coribe está sob toque de recolher há mais tempo. Lá, as medidas foram decretadas desde o início de junho, ao lado de outros 22 municípios, mas o prazo foi ampliado. 

Segundo o governo do estado nessas cidades, o toque de recolher visa conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus no interior da Bahia. Durante os horários de restrição, estão autorizados, excepcionalmente, os serviços necessários ao funcionamento das indústrias e centros de distribuição e o deslocamento dos seus trabalhadores e colaboradores.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas