Transalvador faz blitz fiscalizando o uso de máscaras na capital

salvador
24.08.2020, 17:19:00
Atualizado: 24.08.2020, 17:19:20
Agente da Transalvador passa orientações para motorista na Avenida Centenário (Foto: Tiago Caldas/CORREIO)

Transalvador faz blitz fiscalizando o uso de máscaras na capital

Blitz é educativa e não prevê aplicação de multa para motoristas que não estiverem utilizando máscaras

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Transalvador realiza hoje (24) uma Blitz de caráter educativo na Avenida Centenário, estimulando que os motoristas façam o uso de máscara para conduzir os seus veículos. De acordo com a Transalvador, as fiscalizações serão realizadas em locais estratégicos da cidade, fora dos horários de pico, onde serão parados veículos em que algum dos ocupantes não esteja utilizando o artefato.

Cerca de 20 agentes participam das ações, como é o caso na Avenida Centenário. A princípio a blitz será educativa, não havendo previsão para emissão de multas.

A blitz já foi realizada entre abril e maio deste ano, logo após a publicação do decreto que tornava obrigatório o uso de máscaras na cidade. Por ter percebido que uma grande parte da população estava utilizando o artigo de proteção, a fiscalização foi temporariamente suspensa.

Contudo, em virtude do que o órgão classificou como um "relaxamento por uma parcela da população", a Transalvador irá retomar a ação. De 24 de abril a 04 de maio foram realizadas 749 abordagens a veículos com ocupante sem máscara, dos quais 811 pessoas não utilizavam o artigo de proteção.

(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)

O uso de máscara não é obrigatório apenas em carros particulares. No caso do transporte público também é exigido por decreto que os passageiros utilizem máscaras de pano ou descartáveis para poder fazer a viagem nos ônibus ou metrô da capital baiana.

No caso do transporte público, o passageiro que não estiver utilizando a máscara corretamente não pode seguir viagem junto aos modais. O decreto estabelece que o usuário do sistema que for flagrado utilizando o transporte público sem o uso da máscara será orientado a deixar o veículo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas