Trem do Subúrbio volta a funcionar e outro segue parado após acidente

salvador
03.10.2018, 10:33:00
Atualizado: 03.10.2018, 10:54:35

Trem do Subúrbio volta a funcionar e outro segue parado após acidente

Serviço foi suspenso depois que um fusível explodiu; oito pessoas ficaram feridas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um dos dois trens que operam no Subúrbio Ferroviário de Salvador voltou a funcionar na manhã desta quarta-feira (3). O serviço foi interrompido na tarde de ontem depois que um fusível de alta tensão explodiu e oito passageiros ficaram feridos. A previsão é de que o segundo veículo comece a fazer o trajeto entre os bairros de Calçada e Paripe hoje à tarde.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado (Sedur), técnicos passaram a madrugada fazendo testes nos trens e um dos veículos foi liberado para o serviço hoje pela manhã. A operação começou no horário em que as estações abrem normalmente, às 6h. O segundo trem segue fazendo testes e deve voltar a operar na tarde desta quarta-feira.

O acidente de ontem aconteceu às 12h40, quando um dos veículos se aproximava da estação de Paripe. Logo após o estouro as portas se abriram, mas a explosão assustou os passageiros e houve confusão no desembarque. Oito pessoas sofreram escoriações. A Sedur tentou retomar o serviço durante a tarde, mas não conseguiu.

Até as 15h, a explosão havia cancelado 12 das 44 viagens realizadas pelos trens diariamente - o correspondente a cerca de 30% do expediente total. No entanto, a interrupção seguiu até às 20h, horário em que as estações encerram as atividades.

Por conta do funcionamento parcial do serviço, a alternativa para os moradores da região são os ônibus que circulam pela Avenida Suburbana - o valor da passagem do coletivo é R$ 3,60, mais de sete vezes o valor pago para usar o trem (R$ 0,50). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas