Três trabalhadores morrem após caminhão explodir no Oeste da Bahia

bahia
20.10.2020, 19:34:00
Atualizado: 20.10.2020, 20:19:35
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Três trabalhadores morrem após caminhão explodir no Oeste da Bahia

Imagens mostram veículo destruído em estrada da zona rural de Cocos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Três trabalhadores de uma empresa de construção morreram após o caminhão em que estavam explodir, no final da tarde dessa segunda-feira (19), na zona rural de Cocos, Oeste da Bahia.

A informação foi confirmada pela Polícia Militar, que encontrou o caminhão, ainda em chamas, e as vítimas numa estrada de terra, próximo a um arbusto.

“O 5º Pelotão da 30ª CIPM foi acionado às 16h30 de segunda-feira (19) com a informação de um acidente em uma localidade de estrada de chão, na zona rural do município de Cocos, com três vítimas fatais. Quando a guarnição chegou ao local, encontrou o caminhão colidido a uma árvore, ainda pegando fogo”, diz nota divulgada pela assessoria da Polícia Militar.

De acordo com a PM, ainda não é possível dizer se a explosão aconteceu antes ou após da batida. “As vítimas, três homens, foram projetadas para fora do veículo e não resistiram aos ferimentos. Os policiais militares isolaram a área e acionaram a Polícia Técnica”, conclui o comunicado da PM.

As causas do acidente são investigadas. A PM informou que as vítimas, faziam um tipo de trabalho que utiliza dinamites, o que pode explicar a explosão. Ainda de acordo com a polícia, o responsável pela empresa seria ouvido, assim como moradores da região onde a explosão ocorreu. 

Os três homens, Maicon de Jesus, Fredson Rocha e Anderson Ângelo, faziam parte do quadro da empresa Empreendimentos, Projetos e Construções (EPCL), prestadora serviços para a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). 

Em nota, a EPCL informou que "todo o suporte necessário está sendo prestado às famílias dos nossos colaboradores, inclusive com acompanhamento psicológico". A empresa também afirmou que "segue contribuindo com as investigações para que sejam esclarecidas, o mais rápido possível, as causas do ocorrido". Já a Coelba informou que "lamenta o acidente envolvendo três colaboradores da empresa EPCL, prestadora de serviço contratada para obra no município de Cocos, no Oeste da Bahia. A companhia seguirá acompanhando o caso".


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas