Tudo o que aconteceu no primeiro dia do Festival Virada

salvador
28.12.2017, 05:15:00
Pabllo Vittar, Duas Medidas e Gil foram alguns dos destaques do primeiro dia de Festival Virada Salvador (Fotos: Arisson Marinho e Evandro Veiga/CORREIO)

Tudo o que aconteceu no primeiro dia do Festival Virada

Gilberto Gil, Harmonia do Samba e Pabllo Vittar são destaques do primeiro dia de Festival

O Festival da Virada começou nesta quinta-feira (28) e deu início ao maior evento do tipo do país. A festa, que segue até dia 1º de janeiro, recebeu em seu primeiro dia artistas como Pabllo Vittar e Gilberto Gil. Aviões, Gusttavo Lima e Harmonia do Samba encerram programação do dia. Confira tudo o que rolou.

00h13
Aviões deve cantar pelo menos mais 30 minutos. Os últimos shows da noite podem ser vistos no cantal da FitDance. Xand Avião correspondeu ao calor do público e fez um show que não deixou ninguém parado. Disse que tanta festa assim só poderia ser em Salvador.

23h55
Cantor abriu apresentação com Inquilina, sua música de trabalho e depois cantou Uber. Empolgado, público acompanhou em coro as duas músicas. 

Público lota orla da Boca do Rio para curtir primeira noite do Festival Virada Salvador. Prefeitura estima que até agora já entraram na Arena Daniela Mercury mais de 200 mil pessoas. Ainda tem muita gente na revista!
(Foto: Valter Pontes/Secom)

23h43
Xand, da banda Aviões, abre quarto show do Festival Virada. 

*Ordem do shows é alterada. Quarto show será da banda Aviões, que se apresenta agora antes de Gusttavo Lima, que se atrasou. Produção do cantor justificou problema de logística.

23h03
Gilberto Gil encerra terceiro show do dia na Arena Daniela Mercury.

Apresentação teve rock (Pessoa Nefasta), forró (Esperando na Janela) e grandes sucessos da carreira do baiano como Drão e Andar com Fé.

A trilha escolhida por Gil dar o tom da festa foi A Paz. O desejo do mestre se cumpriu, não só na canção, mas no clima do público, que acompanha o show na maior calma.

22h40
Público canta Sebastiana, de Luiz Gonzaga, com Gil. Dá o play!

Gilberto Gil foi o grande atrativo para a pedagoga Adriana Santos trazer a filha, Ana Luiza Moura, 9 anos, para o Festival Virada Salvador."Gil é maravilhoso e traz um pouco de história pro pessoa mais jovem", diz. E o cantor e compositor ganhou uma nova fã nessa noite; "As músicas dele contam histórias, são muito bonitas", disse Ana Luiza, que também curtiu a Roda Gigante antes do show.

(Foto: Clara Corrêa/CORREIO)

Adriana, que pretende voltar para os shows de Saulo, Mariene de Castro e para a saída do Ilê Ayê, disse ter achado o festival bem organizado. "Tínhamos ido uma vez no da Praça Cairu, e como esse ano íamos ficar em Salvador, decidimos vir", conclui.

Clima de paz e amor...

Foi nesse clima  que Gil iniciou o segundo show desta quinta-feira (28) no Festival da Virada. Cantando Palco e emendando duas canções de Bob Marley na sequência, ele celebrou o amor. Se referindo a um dos integrantes que acompanham a sua banda, ele contou uma história da filha Nara Gil, atualmente sua backing vocal. "Quando a Nara tinha uma uns dois anos, ela dizia. 'É o amor, papai'. É  o amor enorme que eu sinto por você, Narinha", falou.

(Foto: Jefferson Peixoto/CORREIO)

Gil também citou que durante a passagem do som para o show, ainda de tarde, um repórter  lhe perguntou  se ele tinha escolhido alguma música  para cantar durante a apresentação  no Festival.  "Eu disse: A paz". O desejo do mestre se cumpriu e o público está na maior calma. "Gil tem essa tranquilidade  que só ele passa", disse o analista financeiro Leandro Ferreira, 27 anos. Empolgado com o show, ele falou que sua música preferida na voz do cantor foi tocada, Is This Love, de Bob Marley.

21h34
Gilberto Gil já está no palco!

Antes dele, Pabllo Vittar deu show de representatividade no palco do Festival da Virada. Confira fotos do show da drag queen.

(Fotos: Jefferson Peixoto/Secom)

Até o prefeito de Salvador, ACM Neto, fez questão de curtir o show da drag queen. Ele elogiou Pabllo Vittar e diz que ela fez um 'showzaço' no Festival Virada.

Tirolesa e roda gigante estão disputadíssimas!

A tirolesa tem sido um das atrações mais disputadas nesse primeiro dia de festival, especialmente entre as crianças.

Arthur Nascimento, de 5 anos, veio com a avó e o irmão e foi o primeiro da família a encarar os 70 metros que separam uma base da outra. Logo em seguida veio João Victor Oliveira, 8. "Eu fiquei tremendo e deu frio na barriga, mas foi muito legal. Eu iria de novo!", disse, animado.

Para Selma Conceição, avó dos meninos, as opções de lazer para as crianças tem sido um dos melhores atrativos do festival. "Está muito divertido e pretendo voltar no dia 31/12", conclui.

(Foto: Clara Corrêa)

20h50
Cantora encerra show que lotou Arena Daniela Mercury.

Fã de Pabllo Vittar, a dançarina Sebastian subiu no palco e dançou K.O. com Pabllo Vittar. "Foi uma sensação incrível dançar com ela. Ela que me deu essa oportunidade de estar ao lado dela, e de mostrar meu trabalho", disse ele, que foi candidato a vereador pelo PSDB ano passado. 

Ela disse que quer, agora, uma oportunidade num grupo de dança ou numa banda: "Pablo me deu essa oportunidade de mostrar meu trabalho. Quero dançar, seguir minha carreira, ter uma oportunidade em algum grupo".

20h25

"2017 foi um ano de diversas conquistas. Espero que tenha sido um ano incrível para vocês também. Queria dizer que independente do corpo que você tem, da orientação sexual que você tem, você pode ser quem você quiser", disse antes de cantar trecho de Pretty Hurts, música que fala de padrões de beleza, de Beyoncé.  

Esse momento pode ser considerado uma resposta aos internautas que estavam espalhando nesta semana tweets antigos da cantora fazendo postagens gordofóbicas. 

Momentos antes, cantora falou mensagem sobre representatividade: 'Representatividade importa sim'. Assista.

20h04
Pabllo Vittar já está no palco do Festival da Virada. Cantora começa show com a música Nêga. 

(Foto: Gabriela Cruz/CORREIO)

E o povo pede: "Pabllo Pabllo Pabllo". Antes de subir no palco, cantora anunciou que vai gravar um CD em Los Angeles no início de 2018.

19h35
Duas Medidas encerra primeiro show do Festival.

19h20
Papazoni e La Fúria fazem participação no show de Duas Medidas. Confere um trecho!

Vem mais parceria internacional por aí!

"Fiz alguns shows aqui em Salvador em casas menores na turnê passada. Agora vai ser com um público enorme. Vai ser incrível", anuncia Pabllo Vittar, que evitou falar de polêmicas em coletiva de imprensa. Artista sobe no palco por volta de 20h.

"2018 vai ser um ano que vou começar uma fase nova na carreira. Depois do Carnaval vou para Los Angeles gravar meu segundo álbum.  Teremos muitas parcerias internacionais incríveis", garantiu.

19h15
Na Arena Daniela Mercury, Lincoln Sena toca de tudo. Agora foi a vez de Você Partiu Meu Coração, música de Nego do Borel que bombou no início do ano. Música original tem parceria com Anitta. Dá o play e confira um trechinho!

19h04
Enquanto isso, trânsito está bem livre em ambas vias que dão acesso ao Festival Virada. O acesso à Arena, porém, está com muita fila.

19h
YUKÊE?! Pabllo Vittar já está nos bastidores do Festival da Virada. Cantora concederá coletiva para a imprensa logo mais.

(Foto: Luan Santos/CORREIO)

18h40
Duas Medidas começa show no Festival Virada. Banda começou apresentação com Vai Dar Pt. Fit Dance informou que transmissão ao vivo do evento começará às 19h30. Cantor Lincoln Sena, líder da banda, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta (28). "Esse ano foi de grande produção. Ano que vem vamos continuar trabalhando", declarou cantor. 

Espetáculo à parte...

Pôr-do-sol foi atração à parte no Festival da Virada. A diretora de dança e coordenadora do Malezinho Gyane Salles, que está há 20 anos no bloco afro, posou para clique do CORREIO
(Foto: Clara Corrêa/CORREIO)

Cortejo do Malê Debalê abre oficialmente o Festival Virada Salvador. Daqui a pouco começam os shows. Duas Medidas é a primeira atração do evento.

18h04
Começa o cortejo do Malê! Shows devem começar a partir de 18h30.

Ubiratan Santos, 25 anos, é percussionista do Malê há dez anos
(Foto: Rafaela Fleur/CORREIO)

Público aguarda shows; cortejo do Malê Debalê acontece logo mais
(Foto: Rafaela Fleur/CORREIO)

Eu ouvi YUKÊ?! O que mais tem por aqui é fã da Pabllo Vittar. Drag queen faz sua primeira apresentação gratuita em Salvador nesta quinta-feira (28). 

Morador de Pernambués, o estudante e bailarino Janilton Alexandrino, 16 anos, é fã da Pabllo há 2 anos. Ele chegou na Arena Daniela Mercury às 14h e ficou esperando o portão abrir para pegar um lugar bem na frente: 'A Pabllo é tudo na minha vida. Ela causou e me ajudou a enfrentar a homofobia'
(Foto: Rafaela Fleur/CORREIO)

Leandro e Jemerson chegaram cedo para ver a cantora:  "Pabllo é incrível. É maravilhoso", diz Leandro
(Foto: Rafaela Fleur/CORREIO)

Cleiton Sousa, 16 anos, mora no bairro de Sete de Abril. Ele faz cover de Pabllo Vittar e vai criar o canal no YouTube em breve: 'Vou invadir o palco. Vim só pra ver ela'
(Foto: Rafaela Fleur/CORREIO)

16h
Portões abertos! Roda gingante e tirolesa já estão funcionando, mas shows só começam 18h30.

(Foto: Rafaela Fleur/CORREIO)

O Festival Virada Salvador vai desta quinta-feira (28) até o dia 1º de janeiro já trazendo o gostinho de 2018. Pensando em quem vai dar as boas-vindas ao próximo ano na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, o CORREIO preparou um guia completo com tudo o que é preciso saber sobre a festa. Confira a programação do dia, saiba como chegar e sair de lá, veja onde estacionar e confira curiosidades sobre o evento.

Quais são as atrações de hoje?

17h - Cortejo com Malê Debalê
18h30 - Duas Medidas
20h* - Pabllo Vittar
21h30* - Gilberto Gil
23h* - Gusttavo Lima
00h30* - Aviões
2h* - Harmonia do Samba

*Horários aproximados

Confira a programação completa do Réveillon de Salvador

Os portões abrem que horas?

Às 16h. A primeira atração se apresenta às 17h e os shows começam 18h30, com duração de 1h30, em média.

Como funcionará a roda gigante?

O equipamento funcionará durante os dias da festa a partir das 16h. Com 36 metros, a roda gigante é a mesma que foi usada durante o Rock in Rio. O acesso é gratuito. 

(Foto: Carol Aquino/CORREIO)

E a tirolesa?

Também abre às 16h. O equipamento tem dez metros de altura e 80 metros de extensão. O acesso também é gratuito. 

(Foto: Divulgação) 

Como entrar no Festival?

O acesso de pessoas para Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, será feito por três entradas. Confira no mapa abaixo - os portões estão nos pontos 5, 6 e 7.

Mais de 550 sanitários químicos estarão disponíveis para o público do Festival, além de 21 conteineres climatizados. Ao longo de toda a orla, serão 1.076 sanitários químicos. 

Como chegar e sair do Festival?

Dá para ir de carro, de táxi, mototáxi, de ônibus e até integrar com o metrô - que vai começar a operar a partir das 4h desta sexta-feira (29).

Vai de busu? Quem for usar o transporte público para curtir os festejos, por exemplo, vai contar com uma linha especial com ônibus saindo a cada dez minutos da estação de metrô Pituaçu com destino à Arena Daniela Mercury. Essa linha vai funcionar até quando o metrô estiver operando. Segundo a CCR Metrô Bahia, o modal vai operar das 5h à meia-noite.

Serão 700 ônibus funcionando 24h em toda abrangência do festival. Veja aqui quais são as 43 linhas que vão rodar 24h no Festival Virada Salvador. Outras 28 do Sistema de Transporte Complementar também vão funcionar. Dois pontos de ônibus provisórios serão criados no entorno - um na Avenida Octávio Mangabeira, em frente à Avenida Jorge Amado, para linhas sentido Itapuã e o outro ficará na Avenida Simon Bolívar, próximo ao Centro de Convenções. De lá, sairão linhas com destino ao Centro, IAPI, Caixa D’Água, Liberdade, Cidade Baixa e Suburbana.

Na noite do dia 31 haverá uma frota extra de ônibus reguladores nas estações de transbordo. A estação da Lapa ficará aberta até as 5h durante todos os dias do festival.

Prefere usar táxi? Haverá dois pontos de táxi extras dentro do circuito (com sinalização, além de tabela de referência de preços). Um ponto ficará na orla sentido Itapuã, entre o Jardim de Alah e o Restaurante Yemanjá, e o outro em frente à antiga sede de praia do Bahia. Os taxistas que irão operar nos dias de shows cobrarão a bandeira dois, mas o sindicato diz que descontos podem ser negociados. Serão cerca de 6 mil taxistas, segundo a Semob. Cerca de 700 mototáxis foram credenciados pela prefeitura para trabalhar já no Réveillon.

Vai ter mototáxi? Sim! Serão três pontos oficiais  e cerca de 700 mototáxis foram credenciados pela prefeitura para trabalhar no Réveillon. Eles serão fiscalizados por cerca de 150 agentes da Semob. Os pontos para os mototáxis ficam todos na Avenida Octávio Mangabeira: um no acesso ao antigo Centro de Convenções, outro na Praça Osório Villas Boas (antiga sede do Bahia), sentido Itapuã, e mais um em frente ao Restaurante Yemanjá.

Quer pegar um táxi triciclo? Os táxis triciclo funcionarão entre quinta (28) e sábado (30). Os equipamentos - que normalmente ficam na Praça da Sé - farão a viagem por R$ 5. Para quem for de bicicleta, haverá paraciclos.

Os turistas contarão com uma mordomia especial. Eles poderão ter transporte gratuito dos hotéis até a Arena Daniela Mercury, graças a uma parceria com a Salvador Bus.

Vai estacionar? Quem não usar o transporte público e for de carro contará com mais de 2.800 vagas de estacionamento. Serão 1,5 mil vagas no antigo Aeroclube e mais 1.330 na Zona Azul.

Saiba onde estacionar
* Dentro da Arena Daniela Mercury 
Serão  1,5 mil vagas num estacionamento montado no antigo Aeroclube. Lá, a vaga custará R$ 30 e dará acesso exclusivo ao local da festa;
* Zona Azul  No entorno do local da festa, serão disponibilizadas mais 1.330 vagas, de zona azul - a R$ 20 -,no Jardim de Alah, na Avenida Octávio Mangabeira (após Av. Jorge Amado), e nas quadras da Boca do Rio.

Vai de Uber ou carona? Se ligue! Você não poderá parar em qualquer lugar - foram estabelecidos pontos de embarque e desembarque: quem chegar à Arena deve parar no lado direito da Avenida Octávio Mangabeira, sentido Itapuã, entre o restaurante Yemanjá e o posto de combustível. Para a saída, este ponto passará para o lado oposto da via, entre a saída da Avenida Simon Bolívar e o Yemanjá, sentido Pituba.

Mora na região? Você não vai precisar comprovar o endereço para ter acesso, já que a única via interditada será a que foi inaugurada recentemente atrás do terreno do Aeroclube.

Sério que vai ter wi-fi?

Oitenta antenas de internet vão garantir wi-fi para quem quiser postar selfies no Instagram, ao vivos da contagem ou mandar aquele áudio com desejos de Feliz Ano Novo durante o Festival Virada 2017. A velocidade mínima para quem acessar será 0,5 MB e poderá chegar até 60 ou 70 MB, se você der a sorte de estar sozinho próximo a uma antena. Para ter acesso, você deve procurar a rede Wi-fi #conecta_salvador.

Prepare-se para a revista...

Policiais militares e guardas municipais irão revistar todos os que forem curtir o Festival Virada Salvador na Boca do Rio, em busca de armas, drogas, objetos perfurocortantes e bebidas. Não será permitida a entrada de garrafas de vidro, por se tratar de um objeto perfurocortante, inclusive de espumante. 

E quando bater a fome?

Na hora em que bater aquela fome o público terá três opções. Ele poderá ir até a Vila Pelourinho, onde ficará o espaço gastronômico com seis restaurantes, ou procurar um dos sete food trucks, que servirão coxinha, hambúrguer, tapioca, yakisoba, entre outros. Na Feira Criativa, além de estandes de economia criativa, acessórios e camisetas, haverá aqueles de gastronomia. 

Vai ter salva-vidas? E ambulâncias?

A Salvamar irá disponibilizar uma moto aquática para emergências e colocará 24 salva-vidas de plantão noite e dia orientando a população na areia da praia. Além disso, serão montadas cinco bases elevadas para ajudar no monitoramento. Para atender a ocorrências, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai disponibilizar um módulo com 20 leitos, sendo que um deles de UTI. A estrutura contará com o dobro de vagas em relação ao ano passado e funcionará das 18h às 6h entre os dias 28 e 31 de dezembro e das 13h às 1h no dia 1º. Três ambulâncias do Samu estarão disponíveis para o público dos shows do Festival Virada Salvador. O Pronto-Atendimento Alfredo Bureau, no Marback, terá equipes reforçadas para servir de unidade de referência. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas