Um domingo da representatividade

ivan dias marques
11.06.2019, 05:00:00

Um domingo da representatividade

Domingo parecia ser um dia comum, mas não foi. Aliás, nem o sábado foi comum, já que a ansiedade já batia desde a noite: “Não posso dormir demais e perder. Vou botar dois alarmes”. Domingo era dia de ver a seleção feminina jogar. Seleção feminina não, Seleção. 

A Copa do Mundo de 2019 não é a primeira vez que a seleção brasileira recebe atenção. Houve outras tentativas antes, a última delas nos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Daquela vez, no entanto, senti que o apoio às mulheres era muito mais como uma espécie de crítica ao futebol ruim que os homens apresentavam àquela altura do que um sentimento de representatividade, como é agora.

A palavra é essa: representatividade. Nos últimos três anos, sobretudo, vivemos momentos de intensa demonstração de força feminina nas ruas, nas redes sociais e nas relações. Muitos homens, me incluo nisso, passaram a dar mais atenção ao que as mulheres falam, sentem e representam na busca por uma igualdade na nossa sociedade, historicamente machista e patriarcal.

Assim, ver a equipe de Marta, Cristiane, Formiga e cia. em campo, parando boa parte do país num domingo (os índices de audiência da TV Globo, que cresceram 200% em relação ao usual não me deixam mentir) é muito mais que torcer pelo país. 

Amigas buscaram se reunir, analisaram o jogo e, ainda bem, meu medo de insucesso contra a Jamaica, por conta dos resultados anteriores da Seleção, foi por água abaixo. Ainda tenho muito receio de que a equipe não cumpra as expectativas gerais, mas a representatividade nunca vai se perder.

Quando mostrei a minha filha de 4 anos, que adora marcar as paredes de casa chutando bola, que as mulheres também jogavam na ‘tevelisão’, ela ficou radiante. Perguntou até o porquê do jogo tinha parado de repente (era só o intervalo).
 
Espero – MUITO – que, esportivamente, o momento possa ser aproveitado como tantos outros não foram. O Brasil desperdiça, sim, uma baita geração por culpa da falta de estrutura, planejamento, política de gestão e investimento. Outra poderá vir, claro, mas tivemos a melhor jogadora da história no auge e não conseguimos um título de expressão unicamente por conta dos problemas citados. 

Pedindo licença para a comparação, era muito mais possível a seleção brasileira com Marta conquistar uma Copa do que Portugal com Cristiano Ronaldo, só para fazer uma relação de qualidade de elenco, de estrela principal e de adversários.  

Que a Copa do Mundo da França seja um momento para uma virada maior, em que as jornalistas passem a ser mais respeitadas e tenham mais espaço, que o futebol jogado pelas mulheres tenha uma cobertura maior e mais dedicada e que a sociedade possa entender a normalidade disso tudo, e não achar que é algo imposto, por quaisquer se sejam os motivos. 

Por mais que possam faltar grande títulos, se a geração de Marta conseguir transformar a representatividade que possui nesse momento num sentimento concreto, natural e longo dentro da nossa sociedade, já terá cumprido uma grande missão.

Ivan Dias Marques é subeditor de Esporte e escreve às terças-feiras


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/atriz-chora-apos-whoopi-goldberg-criticar-divulgacao-de-nudes/
Bella Thorne postou fotos sensuais após ser ameaçada por hacker
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/casarao-desaba-na-ladeira-da-soledade-ficamos-estaticos-diz-vizinho/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/voce-pagaria-mais-de-r-100-mil-em-um-suv-10/
Graças ao turbo, Volkswagen T-Cross apresenta bom rendimento. Confira o vídeo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-assassino-de-ator-e-familia-fugindo-apos-crime/
Comerciante Paulo Cupertino está foragido após matar ator e os pais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baco-exu-do-blues-desbanca-beyonce-e-jay-z-e-leva-premio-em-cannes/
Rapper baiano venceu o Gran Prix do festival Cannes Lions 2019
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mucuge-sem-badalacao-sao-joao-segue-fiel-a-tradicao/
Cidade histórica da Chapada Diamantina é segunda parada da websérie São João na Estrada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bandidos-poem-fogo-em-carro-com-reporter-da-tv-bahia-na-mala/
Ele conseguiu destrancar porta e escapar do carro em chamas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/angela-merkel-apresenta-tremor-no-corpo-durante-cerimonia-oficial/
Chanceler alemã estava ao lado do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky
Ler Mais