Vacina de Oxford contra covid-19 tem eficácia média de 70%

coronavírus
23.11.2020, 06:26:22
Atualizado: 23.11.2020, 06:33:24

Vacina de Oxford contra covid-19 tem eficácia média de 70%

Estudos consideraram resultados das fases 2 e 3 dos testes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca contra a covid-19 tem eficácia média de 70%, apontou os resultados preliminares dos testes, divulgados nesta segunda-feira (23). 

A farmacêutica AstraZeneca explica que a vacina teve eficácia de 90% quando aplicada  em meia dose seguida de uma dose completa com intervalo de pelo menos um mês. Outro regime de dosagem mostrou 62% de eficácia quando administrado em duas doses completas com pelo menos um mês de intervalo.

Os resultados são baseados em testes em estágio final no Reino Unido e no Brasil. Entre os voluntários, foram registrados 131 infectados, mas não foi relatada nenhuma hospitalização, nem casos graves da doença em participantes que receberam a vacina. A análise incluiu dados das fases 2 e 3 da pesquisa no Reino Unido e da fase 3 no Brasil.

A vacina de Oxford está na terceira e última fase de testes na Inglaterra, Índia, Brasil, África do Sul e Estados Unidos. Em setembro, a AstraZeneca interrompeu os testes globais da vacina para investigar um participante que desenvolveu uma forma de inflamação chamada mielite transversa. 

Em outubro, um voluntário brasileiro que participou dos testes da vacina morreu de Covid-19. O participante, entretanto, não recebeu a vacina que está sendo testada, e sim um placebo (uma substância inativa). Atualmente, o ensaio está em andamento.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas