Vacinação contra a covid deverá ser repetida anualmente, diz diretor do Butantan

coronavírus
08.03.2021, 13:16:05
Atualizado: 08.03.2021, 13:31:12
(Governo do Estado de São Paulo)

Vacinação contra a covid deverá ser repetida anualmente, diz diretor do Butantan

Dimas Covas justificou a possibilidade considerando a existências de variantes do vírus e o ritmo lento de imunização

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que acredita que a vacinação contra a covid-19 deverá ser repetida anualmente. Segundo ele, este seria um cenário "mais provável", considerando a existências de variantes do vírus e o ritmo lento de imunização.

"Tudo indica que a duração da imunidade será inferior a um ano, e, portanto, a vacinação periódica será necessária. Há um foco muito grande na questão do uso da vacina, mas pouco se fala do rumo da pandemia. Com o ritmo atual — em que a concentração de uso dos imunizantes está nos países ricos e as nações com renda média e pobres ainda não têm aplicação em massa —, é provável que teremos o vírus circulando pelo mundo ainda no ano que vem com intensidade", afirmou Dimas em entrevista à revista Veja.

Dimas também fez considerações sobre o impacto das novas cepas do coronavírus sobre as vacinas, afirmando que são necessários mais estudos para comprovar se elas são ou não eficazes contra as novas variantes do vírus. Ainda assim, é notado que todos os imunizantes utilizados até o momento tem impacto no número de internações e mortes.

O diretor do Butantan também comentou sobre a questão do fornecimento das vacinas, afirmando que o Instituto tem realizado esforços para aumentar a produção do imunizante contra a covid-19.

"Já fizemos um primeiro esforço e, com isso, nos planejamos para entregar 22 milhões de doses no final de março, quando a previsão inicial era de pouco menos de 18 milhões. A previsão inicial de entrega foi feita dentro de um contexto que haveria outras vacinas dentro da programação do Ministério da Saúde, mas essa previsão não se confirmou", concluiu.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas