Veja quem foram os 15 empresários que Bolsonaro levou ao STF

brasil
07.05.2020, 14:13:26
Atualizado: 08.05.2020, 01:42:43
(AFP)

Veja quem foram os 15 empresários que Bolsonaro levou ao STF

Presidente foi fazer apelo por reabertura da economia e afrouxamento de medidas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teve reunião nesta quinta-feira (7) com o ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele foi ao lado de ministros do seu governo e de um grupo de empresários, a pé, fazer um apelo para o afrouxamento das medidas de restrição e isolamento praticadas para combater a pandemia do novo coronavírus.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a reunião foi surpresa, marcada de última hora.

Os empresários que foram com Bolsonaro são de vários setores, incluindo o têxtil, de energia, farmacêutico e calçados, entre outros.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou no encontro que a economia brasileira já está começando a entrar em colapso. 

Os empresários que acompanharam Bolsonaro na marcha ao STF foram:

  • José Ricardo Roriz Coelho, da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria de Plástico)
  • Fernando Valente Pimentel, da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção)
  • José Velloso Dias Cardoso, da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos)
  • Paulo Camilo Penna, presidente do Snic (Sindicato Nacional da Indústria do Cimento)
  • Elizabeth de Carvalhaes, da Interfarma (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa)
  • Synesio Batista da Costa, da Abrinq, Haroldo Ferreira, da Abicalçados (Associação Brasileira da Indústria de Calçados)
  • Ciro Marino, da Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química)
  • José Jorge do Nascimento Junior, da Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos)
  • José Rodrigues Martins, da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção)
  • Reginaldo Arcuri, da FarmaBrasil
  • José Augusto de Castro, da AEB (Associação de Comércio Exterior do Brasil)
  • Marco Polo de Mello Lopes, da Coalizão Indústria
  • Humberto Barbato, da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), além de um representante da Anfavea.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas