Veja quem são os famosos que farão parte do 'camarote' do BBB 21

sua diversão
19.01.2021, 17:09:20
Atualizado: 19.01.2021, 22:31:01
(Divulgação)

Veja quem são os famosos que farão parte do 'camarote' do BBB 21

A lista de participantes da 21ª edição do Big Brother Brasil foi anunciada pela TV Globo na tarde desta terça-feira (19)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A lista de participantes da 21ª edição do Big Brother Brasil foi anunciada pela TV Globo na tarde desta terça-feira (19). Novamente divididos entre 'pipoca' e 'camarote', o programa contará novamente com diversos participantes famosos, que neste momento já se encontram confinados nas instalações do Hotel Hilton, no Rio de Janeiro (RJ).

Confira abaixo quem são as celebridades que irão participar da casa mais vigiada do Brasil.

Divulgação/TV Globo

Cantora e apresentadora, Karol Conká, de 35 anos, é natural de Curitiba, Paraná, e atualmente mora em São Paulo. Cresceu na periferia da capital paranaense e, a partir de sua trajetória na música, se destacou no rap feminino. Em suas composições, evidencia o empoderamento das mulheres e o racismo: “Consegui reverter o preconceito que sofri na infância em solução, em poder”, avalia. Em 2013, recebeu a primeira estatueta na categoria “Artista Revelação” do Prêmio Multishow de Música Brasileira. Dois anos depois, lançou a canção “Tombei” com o grupo Tropkillaz e venceu o mesmo prêmio, na categoria "Nova Canção". Apresentou-se na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. E, na televisão, já esteve à frente dos programas do GNT ‘Super Bonita’ e ‘Prazer Feminino’, além de ter feito participações como atriz em atrações da Globo.
 
Afeiçoada ao trabalho, diz gerenciar ela mesma a própria carreira: cuida da imagem, do audiovisual e dos negócios. Nas horas vagas, gosta de assistir a séries com o filho, Jorge, jogar videogame e brincar de karaokê. Por se considerar uma pessoa bastante organizada, afirma que vai precisar aprender a lidar com a bagunça na casa do BBB – além da fofoca, algo que também a irrita. Chegou a dizer que nunca entraria no programa e hoje vê no reality uma oportunidade de aprender e de absorver novas experiências. Solteira e com os looks preparados para usar na casa, ela ainda avalia que relacionamentos podem acabar tirando seu foco do prêmio, por isso pretende não se apaixonar durante o confinamento: “Não coloquem ninguém interessante lá dentro. Só falta eu morder a língua...", brinca.

Divulgação/TV Globo

A atriz Carla Diaz nasceu na cidade de São Paulo e tem 30 anos. Desde os 2 anos no meio televisivo, atuou em diversos filmes e novelas. Entre elas ‘O Clone’, quando tinha apenas 11 anos, interpretando sua personagem mais marcante, Khadija, a qual homenageou com uma tatuagem na costela. Filha única de pai uruguaio e bastante apegada à família, foi alfabetizada na Argentina enquanto gravava ‘Chiquititas’, do SBT. Está no ar com as reprises de ‘A Força do Querer’ e ‘Laços de Família, na TV Globo, e em ‘O Clone’, no Globoplay. “Fico muito feliz por estar em três novelas ao mesmo tempo. O que eu posso pedir mais? Entrar no BBB, né?”, comemora.

Carla conta que adora viajar, é alto-astral e gosta muito de dançar. Além de ser competitiva, afirma que não suporta injustiças e é protetora com os amigos. Tem lembranças do BBB desde criança, quando gravava nos Estúdios Globo, perto da casa em que vai morar temporariamente durante o programa. “Eu falava para a minha mãe: ‘Pede para o tio deixar eu entrar, pede. O tio era o Boninho (risos)”, recorda. Destaca que, apesar de ter emprestado muitas de suas características às personagens, há outras que o público ainda não conhece. E é o que quer mostrar no programa.

Divulgação/TV Globo

A influenciadora digital Camilla de Lucas tem 26 anos e nasceu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Criadora de conteúdo há aproximadamente quatro anos, começou no YouTube com vídeos de beleza, dando dicas de cabelo e maquiagem. Chegou a cursar Contabilidade e trabalhou num escritório; garante que era boa de cálculo. Atualmente, além de mostrar a rotina nas redes sociais, seu conteúdo usa o humor como ferramenta para falar de situações corriqueiras, por isso, se intitula “blogueirinha real”. Durante a quarentena, seus vídeos ganharam uma visibilidade expressiva e, hoje, Camilla acumula um total de 7,5 milhões de fãs em suas contas. Em 2020, entrou para a lista da Revista Forbes como uma das jovens mais promissoras do Brasil na categoria “Web”. 

Camilla, que hoje praticamente mora com o namorado, diz estar bem segura de si. Afirma que aceitou encarar o BBB pela possibilidade de mudança de vida, tanto sua, quanto da família e dos amigos: “É mesmo para que a minha conta bancária cresça. Tem gente que fala que quer entrar para se conhecer, mas eu já me conheço. Eu me vejo todo dia desde 1994. O que eu quero é ficar milionária”, esclarece. Nega ser “barraqueira” e afirma que o senso de justiça sempre fala mais alto. Disposta a se expor e mostrar sua personalidade, garante, ainda, que vai aparecer bastante no jogo: “Sou assim. Gosto de estar em tudo”. 

(Foto: Divulgação)

A cantora Pocah, de 26 anos, nasceu no município de Queimados e foi criada em Duque de Caxias, ambos no Rio de Janeiro. O nome artístico tem origem na semelhança física com a personagem da Disney Pocahontas, apontada desde criança. Teve uma infância humilde ao lado da mãe, empregada doméstica, e chegou a ser manicure em salão de beleza aos 16 anos. Antes do funk, o rock era seu ritmo preferido, por influência do irmão, que tocava numa banda. Em 2012, ganhou destaque no cenário nacional, quando ficou conhecida pelo lançamento da música “Mulher do Poder” e, nos últimos anos, reuniu diversos hits no funk e parcerias com artistas nacionais. “Eu busquei isso e me divirto trabalhando”, comenta.
 
Nas horas de lazer, Pocah gosta de jogar videogame e adora o agito das festas. Mãe de Vitória, de 4 anos, considera-se uma mulher batalhadora, que faz acontecer. Quando surgiu a oportunidade de participar do ‘Big Brother Brasil’, diz não ter pensado duas vezes. Afirma estar muito a fim de viver o programa e adianta que, quando entrar, vai ter que sentir a casa e as pessoas primeiro, antes de partir para o jogo. Considera que as amizades são parte essencial do reality: “Já quero ter meus BFFs lá dentro”, comenta. Determinada a chegar à final da temporada, avisa: “O que tiver que ser feito eu vou fazer para chegar à decisão. Estou entrando para ser finalista”.

(Foto: Divulgação)

Nego Di, de 26 anos, é comediante. Gaúcho de Porto Alegre, foi criado sozinho pela mãe e teve uma infância difícil. Começou a trabalhar cedo e sempre quis crescer rápido para ajudar com as contas de casa. Serviu o Exército, já foi taxista, garçom, cozinheiro e abriu a própria barbearia. Acredita que o jeito para o humor vem desde a infância, quando fazia graça para se defender de bullying na escola. Viralizou na internet ao contar, por meio de um áudio, a história real de um assalto que sofreu. A partir disso, criou o termo “whatsapper”, pois começou a ser solicitado para produzir áudios com vozes de seu personagem.
 
Pai de Tyler, de 5 anos, Nego Di conta que sempre gostou de samba e pagode. Considera-se uma pessoa direta e deixa claro que não gosta de perder, mas garante que não vai passar por cima de seus princípios no BBB: “O que mais pesa é ser honesto com os meus sentimentos e valores lá dentro”. No confinamento, acredita que pode se irritar com participantes egoístas, já que preza muito pelo espírito de equipe. Já se inscreveu anteriormente para entrar no reality, mas avalia que, na época, não estava preparado. Agora com a participação confirmada no time, está empolgado com a oportunidade e os frutos que virão a partir dela. “Não consigo dormir direito há algumas semanas, sonhando com o BBB. É um grande marco na minha vida. Vou começar a viver os melhores anos a partir dali”, avalia.

(Foto: Divulgação)

O ator Lucas Penteado tem 24 anos e é natural de São Paulo. Mora com os pais e os irmãos, a quem diz ser muito ligado. Nascido em berço de samba, é tataraneto de um dos fundadores da Vai Vai. Cresceu dentro da agremiação, onde teve seus primeiros contatos com a arte: na bateria da escola, como passista mirim, na produção das fantasias e nos desfiles. A música em sua vida também está presente através do rap, nas batalhas de rima, e na dança. Em oposição ao projeto de reorganização das escolas estaduais de São Paulo, esteve presente no movimento de ocupação dos colégios em 2018. Foi onde teve o primeiro contato com o Slam – batalha de poesia falada. Seu primeiro papel na televisão foi em ‘Malhação – Viva a Diferença’, em 2017, interpretando o personagem Fio.
 
Lucas diz que seu maior sonho é comprar uma casa para a mãe – segundo ele, sua melhor amiga e uma das fontes de inspiração para escrever suas poesias. De origem periférica, afirma que já passou por muitos obstáculos: “A tentativa de me tirar do sério vem desde que eu nasci, na escola, na rua, no trabalho... Eu não vou ofender, mas vou falar sério e alto se for preciso”, avisa sobre a possibilidade de conflito no reality.  E deixa claro que ouvir alguém falar sobre vitimismo ou racismo reverso o irrita. No BBB, além de buscar o prêmio, pretende se divertir muito. “Sou alegre, o retrato da felicidade periférica”, destaca.

(Foto: Divulgação)

Natural de Uruaçu, Goiás, o cantor Rodolffo tem 32 anos de vida e 25 de carreira com a dupla Israel & Rodolffo. A dupla foi formada pelos respectivos pais quando eles ainda eram crianças, por isso, começou a cantar com 7 anos de idade. Já se apresentou na maioria dos estados brasileiros e também fora do país. Além de cantar, tem como hobbies cozinhar, praticar esportes, fazer trilhas e improvisar luau no quintal de casa. Considera-se um homem vaidoso e diz que já fez alguns penteados que hoje acha horríveis: “Tomara que não achem essas fotos”, brinca.
 
Fã de BBB desde 2003, Rodolffo revela que costuma acompanhar fielmente o programa. Conta que gosta da dinâmica do game, da troca cultural e da interação entre diferentes personalidades: “Acho que vou ser um bom jogador. Gosto de observar o comportamento humano”. Virginiano, se considera metódico e organizado, por isso já prevê estresse com a bagunça e com o desrespeito às regras na casa. Ex-marido e amigo da vice-campeã da edição passada, Rafa Kalimann, confessa que pediu conselhos antes de entrar no BBB. Ansioso pelos jogos da discórdia, diz que se tiver motivos, vai falar mesmo: “Sou um cara bem sincero. Talvez seja uma qualidade e até um defeito”, pondera. Está solteiro e “pronto para o que der e vier”.

(Foto: Divulgação)

Natural de Sorocaba, interior de São Paulo, Viih Tube tem 20 anos, é atriz e youtuber. Atualmente, tem mais de dez milhões de inscritos em seu canal, criado por ela aos 12 anos, quando passava por uma turbulência na família. Seus pais estavam se separando e ela conta que a interação com o público ajudou bastante na época, em que diz ter tido Síndrome do Pânico: “A internet com certeza me salvou”, avalia. Aos 18 anos, foi morar sozinha e hoje vive com o namorado, com quem vai completar dois anos de relacionamento. Adepta aos procedimentos estéticos e cirurgias plásticas, não esconde que já fez algumas modificações no corpo e ressalta que o importante é estar feliz e se sentir bonita.
 
Viih se considera uma pessoa brincalhona e diz que sabe se virar. Começou a assistir ao BBB de forma mais assídua na 18ª edição por influência da ex-participante Ana Clara, que já conhecia por meio de vídeos da internet. Ao participar do reality, afirma estar disposta a enfrentar os medos, se superar e ser ouvida. Espera ainda não pagar mico nas provas de resistência para não decepcionar a mãe aqui fora. E deseja que o programa a ajude a lidar com suas inseguranças: “Chega, sabe? O BBB vai me ajudar a mostrar quem eu sou, um outro lado meu. Eu realmente espero conseguir sentir algo único lá dentro”, reflete.

(Foto: Divulgação)

O cantor e rapper Projota, de 34 anos, nasceu em São Paulo e encontrou no rap uma identificação com assuntos que, segundo ele, nenhum outro ritmo tratava – a vivência na periferia, o preconceito. Perdeu a mãe aos 9 anos, vítima de um AVC dois anos antes: “O mundo desmoronou na minha casa. Não foi fácil, mas eu era muito feliz”, conta. O início de sua carreira se deu nas batalhas de rimas e os primeiros shows foram na frente da própria casa. Largou a faculdade faltando um semestre para terminar, pois teria que parar de cantar para trabalhar e estudar. Uma conversa com o pai o incentivou a continuar na música e, hoje, tem nove discos e dois DVDs lançados. É casado e tem uma filha de 11 meses. Considera-se competitivo até com a própria esposa e diz que sempre gostou de esportes e games.

(Foto: Divulgação)

O ator e cantor Fiuk nasceu na cidade de São Paulo e tem 30 anos. Filho do cantor Fábio Jr., decidiu também seguir o caminho da arte, na música, no teatro, na TV e no cinema. Foi vocalista das bandas No Name e Hori, compôs diversas canções, inclusive para outros artistas, e trabalhou em carreira solo. Na televisão, seu primeiro trabalho foi como protagonista em ‘Malhação ID’, no ano de 2009. Desde então, atuou em ‘Aquele Beijo’, ‘Geração Brasil’ e agora está de volta ao ar como Ruy na reprise de ‘A Força do Querer’, na TV Globo. Desde que participou do “Super Chef Celebridades”, no ‘Mais Você’, tomou afeição pela cozinha: “Cozinho para minha mãe e para minha família. Todo santo dia o que eu faço quando eu acordo é cozinhar alguma coisa”, afirma. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas