Verão está chegando e exige cuidados especiais com os pets

bazar
11.12.2018, 12:35:00
Atualizado: 18.12.2018, 12:39:45

Verão está chegando e exige cuidados especiais com os pets

É preciso ter atenção aos riscos de insolação, desidratação, doenças parasitárias e até mesmo o câncer de pele

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com a chegada da estação mais quente do ano e o consequente aumento da temperatura, os pets começam a precisar de cuidados especiais. De acordo com a veterinária Stéfany Figueirêdo, do hospital Ame Pet, “a chegada do Verão exige cuidados especiais, pois a alta incidência solar torna-os mais vulneráveis a insolações, desidratação, doenças parasitárias e, em longo prazo, câncer de pele”, destaca. 

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

Edren alerta, ainda, que deve-se evitar o uso de sapatinhos e acessórios que obstruam áreas de transpiração. “Outro ponto importante são alterações de humor e apetite. Os animais podem ficar mais sonolentos, pedir comida em horários diferentes, aumentar a ansiedade e latir mais”, ressalta Edren Souza, médico veterinário e coordenador técnico do Laboratório Ibasa. Cães de raças braquicefálicas, aquelas com focinho achatado, como pugs e buldogues, sofrem ainda mais, podendo chegar à desidratação e até a morte. 

Foto: Divulgação/Shutterstock
(Foto: Divulgação/Shutterdstock)

Quem quiser levar o bichinho para banhos de mar e rio - sim, os veterinários permitem, desde que haja supervisão. Mas se o cão não se secar corretamente, aumenta o risco dele desenvolver dermatites e mau-cheiro. “Devemos estar sempre atentos à exposição ao sol, principalmente quando se trata de animais de pelagem clara. É importante usar protetor solar ou até mesmo roupinhas com fator de proteção ultravioleta”, diz Edren.

Mas as roupinhas precisam ser realmente pensadas para os pets. Isso porque, diferentemente dos humanos, cães e gatos não transpiram pela pele, mas sim pelo focinho, pela boca e pelo coxim, aquela ‘almofadinha’ da pata, que é sensível como as nossas plantas dos pés. Ou seja: não dá para bloquear  as patinhas. “É importante evitar passeios nos horários mais quentes, entre as 9h e as 16h, oferecer água fresca e adaptar o local de vivência para ficar mais fresco e arejado”, explica Edren. 

Se alguns tutores de pets já têm altas despesas durante o ano, os valores podem aumentar no Verão. “Já me preparo para o aumento de gastos nesse período”, conta a relações públicas Carla Maria, 33. Ela estima gastar cerca de R$ 600 mensais com Nutella Maria, sua shihtzu de 11 meses. “Se juntar creche, pet shop e ração, meu custo médio fica nessa faixa. Mas se incluirmos petiscos, loções, colônias e vitaminas, fica ainda maior”. 

Para ajudar a reduzir o impacto, listamos algumas receitas caseiras para refrescar os bichinhos. Atenção, que nem todas as frutas podem ser consumidas por cães. É o caso da uva, por exemplo. Confira também uma lista com nove dicas práticas para cuidar dos pets e, em seguida, um garimpo com produtos para deixar a vida deles mais confortável.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, tecnologia, pets, bem-estar e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Receitas: 

PICOLÉ DE FRUTAS
Por Stéfany Figueirêdo

Ingredientes
Melancia sem caroço
(pode ser manga ou melão)
Água ou água de coco

Preparo
Bote no liquidificador cubinhos da fruta e bata com a água até  ficar homogêneo. Despeje em forminhas (vale de gelo) e leve ao freezer até congelar.

SORVETE DE COCO COM MORANGO
Por Stéfany Figueirêdo

Ingredientes
950ml de iogurte natural
½ copo de manteiga de coco
1 copo de morangos frescos (lavados e secos)

Preparo
Misture tudo numa tigela até ficar homogêneo. Despeje o conteúdo em forminhas (vale de gelo) e leve ao freezer até congelar.

9 dicas
Ração
Não deixe alimentos  no potinho durante todo o dia. O calor eleva o risco de estragar ou perder nutrientes.

Vermifugue E utilize produtos de prevenção contra pulgas e carrapatos. Esses parasitas reproduzem-se com uma velocidade muito maior no Verão.

Descalço Não use sapatinhos nos passeios. Cães realizam troca de calor através de focinho, boca e pata.

Água fresca Ofereça sempre. Pode ser gelada.

Fuja do sol Ofereça atividades leves, antes das 9h e depois das 16h, para evitar doenças de pele e queimaduras.

Pêlo curto E banhos regulares ajudam a refrescar.

Protetor solar Há adequados para cães e gatos. Atente às orelhas e focinho.

Dieta Evite a obesidade deles.

Cuidado Nunca deixe o mascote preso no carro sozinho.

Foto: Divulgação

Protetor solar Hydra Reflex FPS 20, da Pet Society. R$ 46,90 na bitcao.com.br

Foto: Divulgação

Bebedouro com capacidade para 2,5 litros. Por R$ 199,90 na petlove.com.br

Foto: Divulgação

Piscina com 20 cm de profundidade. Por R$ 299 na royalpets.com.br

Foto: Divulgação

Camiseta em poliéster com elastano. R$ 39,90 no petelegante.com.br

Foto: Divulgação

Tapete refrescante, feito com gel. Por R$ 89,90 na lolipet.com.br

O Sou Verão é realizado pelo CORREIO com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio da Água Mineral Frésca.

*Colaborou para o CORREIO

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048