Vídeo de peixe gigante devorando tubarão fisgado por pescadores viraliza; assista

em alta
29.09.2021, 18:39:28
Atualizado: 29.09.2021, 18:42:39
(Foto: Reprodução)

Vídeo de peixe gigante devorando tubarão fisgado por pescadores viraliza; assista

Predador estava preso no anzol quando virou presa

Um grupo de pescadores da Flórida, nos Estados Unidos, achou que tinha encontrado o maior peixe da região quando fisgaram um tubarão-de-focinho-negro com mais de um metro de comprimento. Só que eles foram surpreendidos ao verem que um outro animal roubou sua pesca: uma garoupa gigante.

John Brossard, capitão da embarcação, relata que o grupo se assustou ao enxergar três enormes sombras na água. Os peixes em questão eram garoupas gigantes, vindas do oceano Atlântico. Pouco tempo depois, um dos peixes subiu a superfície e engoliu o tubarão de uma única vez. Assista:

"Basicamente, estávamos pescando tubarões, quando de repente duas ou três garoupas golias começaram a ficar embaixo do barco, esperando que chegasse a nossa captura (...)Estávamos pensando 'uau, inacreditável'! Basicamente, ele comeu o tubarão e quebrou a linha que estavamos o segurando", contou o capitão à agência de notícias americana Pen News.

Ele diz que a garoupa pesava em torno de 230 quilos, enquanto a linha que usavam suportava pouco mais de 23 quilos. Mas apesar da surpresa, afirma que o local em que estavam é suscetível a esse tipo de acontecimento, visto que a área é considerada perigosa:

"Existem tubarões, crocodilos, pítons, golfinhos e peixes-boi, tudo em um só lugar. É o único lugar no mundo que tem todas essas criaturas estão juntas. Já vimos crocodilos comendo tubarões e agora um tubarão sendo devorado por peixes maiores".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas