Vitória arranca empate do Bahia de Feira no último lance do jogo

e.c. vitória
23.07.2020, 18:28:00
Atualizado: 24.07.2020, 19:51:42
Vitória e Bahia de Feira empatam no Barradão no recomeço do Campeonato Baiano (Bahia de Feira / Divulgação)

Vitória arranca empate do Bahia de Feira no último lance do jogo

Resultado deixa o rubro-negro fora da zona de classificação do Baianão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O torcedor do Vitória precisou esperar até o último lance do jogo de reestreia do Campeonato Baiano para soltar o grito preso na garganta. O gol que garantiu o empate com o Bahia de Feira, nesta quinta-feira (23), no Barradão, foi marcado aos 50 minutos da etapa final: 1x1.

O resultado deixou o Leão em situação delicada no estadual e a classificação às semifinais está ameaçada. A uma rodada do fim da primeira fase, o rubro-negro soma 12 pontos e caiu do 4º para o 6º lugar na tabela. Com a mesma pontuação, o Bahia de Feira também perdeu duas posições e está em 5º. Apenas os quatro primeiros colocados avançam.

O volante Jean evitou um placar ainda pior para o Vitória. Antes, o atacante Marclei, que foi revelado na Toca do Leão, anotou para o Bahia de Feira.

FALTOU RITMO

Menos de 24 horas após ter estreado no comando do time, contra o Botafogo-PB, em Feira de Santana, pela Copa do Nordeste, o técnico Bruno Pivetti voltou a ficar à beira das quatro linhas, dessa vez para orientar o rubro-negro no recomeço do Baianão. Diante do Bahia de Feira, o treinador optou por formar a equipe titular com jogadores que ficaram no banco de reservas no jogo do regional e outros não relacionados na véspera, promovidos da equipe de aspirantes.

A falta de entrosamento do Leão ficou evidente desde os primeiros minutos. Faltaram emoção e criatividade. Apesar de errar muitos passes, o Bahia de Feira se mostrou mais organizado inicialmente e protagonizou a melhor chance do jogo logo aos dois minutos, quando Clebinho exigiu boa defesa do goleiro estreante César. Diones ainda aproveitou a sobra, mas cabeceou para fora. 

Aos poucos, o Vitória equilibrou as ações e exibiu alguns poucos lampejos individuais, principalmente do estreante Mateusinho. Pelo lado direito do campo, o atacante contratado na semana passada foi a principal válvula de escape do setor ofensivo. 

UM GOL RELÂMPAGO; OUTRO NO APAGAR DAS LUZES

O Bahia de Feira protagonizou os principais lances ofensivos da etapa final. Logo no recomeço do jogo, Ebinho cabeceou à queima-roupa em cima de César e o goleiro rubro-negro conseguiu fazer a defesa.

O gol da equipe feirense foi comemorado aos 29 minutos, no mesmo lance em que Marclei deixou o banco de reservas para uma cobrança de falta. No rebote, Bruninho cruzou, o atacante cabeceou no travessão e pegou a sobra para estufar a rede.

Veja a sequência de imagens do gol feitas pelo Tremendão:

Sem se entregar, o Vitória buscou o empate até o último minuto e conseguiu realmente no limite. Aos 50, o capitão Jean aproveitou cruzamento, bateu de primeira e deu números finais ao placar no Barradão: 1x1.

PRÓXIMA RODADA

A 9ª e última rodada da fase classificatória do Campeonato Baiano será disputada no domingo (26). O Vitória vai enfrentar o Doce Mel, às 16h, no Joia da Princesa, em Feira de Santana, enquanto o Bahia de Feira vai receber a Juazeirense, no mesmo horário e cidade, só que na Arena Cajueiro. 

E AGORA?

Para avançar, o Vitória não depende apenas das próprias forças. Se vencer, automaticamente ganha pelo menos uma posição por causa do confronto direto entre Bahia de Feira e Juazeirense. Precisaria de mais uma, que poderia vir em caso de empate entre ambos ou se o Atlético não ganhar do Jacuipense ou ainda se o Bahia perder do Fluminense de Feira - nesta última hipótese, o Leão teria que tirar quatro gols de diferença de saldo para o tricolor. 

Se o Vitória empatar ou perder para o Doce Mel, a eliminação é certa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas