Vitória comemora 123 anos de fundação com missa no Barradão

e.c. vitória
13.05.2022, 16:12:00
Vitória comemora seu 123º aniversário (Pietro Carpi/EC Vitória)

Vitória comemora 123 anos de fundação com missa no Barradão

Dirigentes, conselheiros, funcionários, torcedores e convidados participaram da celebração

O Vitória não faz uma boa temporada em 2022. O time foi eliminado da Copa do Brasil na última quinta-feira (12), ao perder mais uma vez para o Fortaleza, e está no Z4 da Série C, na 17ª posição. Mas, em meio a um momento turbulento, uma comemoração: nesta sexta-feira (13), o clube completa 123 anos de fundação. 

Para marcar a data, uma missa foi celebrada na capela Nossa Senhora da Vitória, no Barradão, pela manhã, reunindo dirigentes, conselheiros, funcionários, torcedores e convidados. 

“Gratidão por hoje estar aqui realizando um sonho de criança. Graças ao Divino Espírito Santo acordo sempre motivado a seguir com a reconstrução do clube. Se os resultados em campo não são os desejados, posso falar com orgulho do que fizemos até aqui com ajuda de todos, companheiros de diretoria e funcionários”, disse o presidente interino do Vitória, Fábio Mota.

A missa foi comandada pelo Frei Edalan Guedes, da Paróquia Nossa Senhora da Luz, na Pituba. Ele desejou sucesso ao Vitória no restante da temporada e, no encerramento da celebração, pediu que fosse cantado o hino oficial do clube.

O Club de Cricket Victoria foi fundado em 13 de maio de 1899 por dezenove jovens que moravam no Corredor da Vitória, região nobre de Salvador. Como o próprio nome sugere, o clube foi criado inicialmente apenas para a disputar críquete, esporte praticado na época somente pelos ingleses que viviam na capital baiana. Os soteropolitanos participavam apenas como gandulas. 

O primeiro registro de jogo de futebol aconteceu em 1901. A adesão do vermelho e preto e a mudança de nome para Sport Club Victoria ocorre no ano seguinte, em 1902, quando o críquete já não era o único esporte praticado. Além do futebol, o clube era representado em outras modalidades como natação, atletismo e remo. 

Ao todo, o Vitória tem 29 títulos do Campeonato Baiano e quatro taças (reconhecidas pela CBF) da Copa do Nordeste, conquistadas em 1997, 1999, 2003 e 2010.

No Campeonato Brasileiro, a melhor campanha veio em 1993, quando o Leão foi vice-campeão. Nas finais, perdeu para o Palmeiras, por 1x0, na Fonte Nova, e 2x0, no Morumbi.

O rubro-negro também ficou perto do título da Copa do Brasil em 2010, quando alcançou a decisão. Foi derrotado na ida por 2x0 e venceu a volta por 2x1, mas o resultado foi insuficiente - o time precisava ganhar por dois gols de diferença.

Em 11 de novembro de 1986, era inaugurado o estádio Manoel Barradas. Àquela época, era composto apenas  por campo e arquibancada. Não havia portaria, bilheteria, banheiros, bares e nem tribuna de honra apropriados.

Apesar de ter inaugurado o próprio estádio, o Vitória seguiu utilizando a Fonte Nova como mando de campo. O Barradão só voltou à cena a partir de 1991. Mas o local não tinha iluminação e, portanto, só podia ser utilizado durante o dia. A inauguração dos refletores aconteceu em 1º de outubro de 1994.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas