Vitória empata mais uma na Série B, desta vez com o Náutico

e.c. vitória
29.08.2021, 18:00:00
Samuel divide no alto com Camutanga em empate nos Aflitos (Marllon Costa / Náutico)

Vitória empata mais uma na Série B, desta vez com o Náutico

Resultado fora de casa mantém o rubro-negro no Z4; veja os gols

O time que mais empatou na Série B em 2021 somou mais um ponto outra vez. O lado positivo: foi fora de casa, e contra uma equipe que briga pelo acesso. Neste domingo (29), o Vitória foi ao Recife e ficou no 1x1 com o Náutico, pela 21ª rodada do campeonato. Foi o 11º empate.

Com isso, o técnico Wagner Lopes segue invicto após quatro jogos no comando. São três empates e uma vitória - sobre o Guarani, por 1x0, na rodada anterior. O Leão foi a 20 pontos, mas não saiu da zona de rebaixamento. Está em 18º lugar, a dois pontos do Vila Nova, 16º colocado e primeiro fora do Z4.

O rubro-negro repetiu a escalação da vitória sobre o Guarani e atuou melhor no primeiro tempo. Porém, não abriu o placar. No início do segundo tempo, tomou um gol de Vinícius, após cobrança de escanteio, aos 5 minutos. E soube reagir com Bruno Oliveira, que entrou no intervalo para decidir. Após triangulação rápida envolvendo Marcinho, Pablo Siles e Samuel, o meia recebeu na área aos 20 minutos e empatou.

Agora, o Vitória enfrenta outro adversário fora de casa. Visita o Operário no sábado (4), às 11h,  em Ponta Grossa (PR). O time paranaense está em 9º lugar, com 32 pontos.

Confira os gols de Náutico 1x1 Vitória:


Detalhes do jogo
O meio-campo montado por Wagner Lopes funcionou. Com boa atuação de Pablo Siles e Fernando Neto no primeiro tempo, recuperando a posse de bola em posições avançadas, o Vitória pressionou e foi superior ao Náutico. Porém, pecou na finalização e em más atuações dos homens de frente.

Wesley teve duas chances: aos 2 minutos, bateu cruzado da esquerda e Alex Alves pegou. Aos 33, num lance muito parecido, o atacante chutou para outra defesa do goleiro. Entre esses momentos, Mateus Moraes deu uma cabeçada na segunda trave aos 25, e a bola raspou a trave.

Em resumo, foram aproximadamente 34 minutos de domínio do Vitória, mas sem tirar vantagem disso. O que quebrou o ritmo rubro-negro foi um contra-ataque puxado por Vinícius, que chutou perigosamente de fora da área aos 35.

A partir de então, o Timbu equilibrou as forças e teve a melhor chance da etapa inicial. Já aos 45, Hereda avançou pela direita e cruzou rasteiro na área. Vinícius, sozinho, de frente para o gol, foi atrapalhado pelo gramado e acabou isolando.

O Náutico, que já tinha melhorado nos minutos finais da primeira etapa, voltou do intervalo totalmente superior ao Leão. E o seu melhor jogador em campo abriu o placar. Aos cinco minutos, Jean Carlos cobrou escanteio na primeira trave, Vinícius se antecipou a Mateus Moraes e fez 1x0, de cabeça. 

O Vitória sentiu o gol e, nos 15 minutos seguintes, não conseguiu atacar. Quando mais parecia abatido, soube aproveitar um vacilo do Náutico. Atento, Marcinho roubou a bola de Hereda na saída de bola adversária. Após uma linda triangulação envolvendo também Samuel e Pablo, o meia Bruno Oliveira, que havia entrado no intervalo, recebeu na área e não perdoou: bateu de primeira e fez 1x1.

A principal arma do Timbu quase machucou o Vitória de novo. O Náutico perdeu dois gols em cobranças de escanteio, ambas as chances com Rafael Ribeiro. Aos 30 e aos 32, o zagueiro subiu livre desviando cobrança de Jean Carlos e cabeceou para fora.

De qualquer forma, o rubro-negro resistiu bem. E quase fez o segundo no final da partida. Aos 41, Ronan puxou contra-ataque e passou a bola para Cedric, que experimentou de longe. O chute bateu no travessão.

Náutico 1x1 Vitória - 21ª rodada da Série B 2021

Náutico: Alex Alves; Hereda (Thássio), Camutanga, Rafael Ribeiro e Bryan; Marciel (Luiz Henrique), Rhaldney e Jean Carlos; Tailson (Yago), Paiva (Matheus Carvalho) e Vinícius. Técnico: Marcelo Chamusca.

Vitória: Lucas Arcanjo; Van, Wallace Reis, Mateus Moraes (Thalisson Kelven) e Roberto; Pablo Siles, Fernando Neto (Cedric) e Soares (Bruno Oliveira); Wesley Pionteck (David), Samuel e Marcinho (Ronan). Técnico: Wagner Lopes.

Gols: Vinícius, aos 5 minutos, e Bruno Oliveira, aos 20 minutos, ambos do 2º tempo.
Estádio: Aflitos, no Recife.
Cartões amarelos: Rhaldney (Náutico); Thalisson Kelven, Mateus Moraes e Roberto (Vitória).
Cartão vermelho: Vinícius (Náutico)
Arbitragem: José Mendonça da Silva Júnior, auxiliado por João Fábio Machado Brischiliari e Weber Felipe Silva (trio do PR).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas