Vitória já contratou quase um time inteiro após retorno do futebol

e.c. vitória
29.10.2020, 05:00:00
Matheus Frizzo (esquerda) e Thiago Lopes são os mais novos contratados do Vitória (EC Vitória/Divulgação)

Vitória já contratou quase um time inteiro após retorno do futebol

Com Thiago Lopes e Matheus Frizzo, lista de reforços do Leão de junho pra cá chega a 10 nomes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória contratou quase um time inteiro de junho pra cá, quando as atividades na Toca do Leão foram reiniciadas após paralisação de três meses em função da pandemia de coronavírus. A lista de reforços tem 10 nomes, de todas as posições, exceto goleiro, já que César havia sido contratado em março, dias antes da interrupção das atividades.

Além do volante Matheus Frizzo e do meia-atacante Thiago Lopes, anunciados pelo clube na quarta-feira (28), o lateral direito Leandro Silva, o zagueiro Wallace, o volante Lucas Cândido, os meias Marcelinho, Soares e Juninho Quixadá, além dos atacantes Mateusinho e Ewandro encorparam o elenco. 

A remontagem teve início com a troca de comando. Na primeira semana de retomada dos treinos, o clube anunciou a demissão do técnico Geninho e a efetivação do até então auxiliar Bruno Pivetti. De acordo com a diretoria, a decisão foi tomada por causa da crise financeira pela qual o Leão passa, que se agravou com a pandemia. 

Quatro das oito contratações feitas com o time sob o comando de Pivetti tiveram o objetivo de tornar o elenco mais experiente. Wallace e Leandro Silva têm 32 anos, Juninho Quixadá tem 34 e Marcelinho, 36. Entre eles, o mais utilizado e há mais tempo na Toca é Marcelinho, que vestiu a camisa do Vitória 17 vezes. Só Mateusinho, que tem 21 anos e é o mais novo entre os contratados no período, jogou mais: 19 partidas. O meia Soares foi o único que ainda não estreou. 

Matheus Frizzo e Thiago Lopes são as primeiras contratações desde que Eduardo Barroca assumiu o time após Bruno Pivetti ser demitido em 7 de outubro. O novo treinador havia afirmado publicamente sobre a necessidade do clube fazer contratações. 

“A gente está conversando junto com a direção para trazer reforços. Precisa mexer com a competição interna dos jogadores”, reforçou Barroca no domingo, após a derrota por 2x1 para o Botafogo-SP, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O rubro-negro fecha o primeiro turno contra o Brasil de Pelotas, sexta-feira (30), às 19h15, no Barradão. 

Na 14ª colocação, o Vitória vive situação delicada na Série B do Brasileiro. Soma 20 pontos e está a apenas um da zona de rebaixamento, que tem o Figueirense em 17º lugar. Já a distância para o G4 é de oito pontos. O Juventude, 4º colocado, tem 28.

Regularização
É nesse contexto que Matheus Frizzo e Thiago Lopes chegam à Toca do Leão. O contrato deles é válido até o final do campeonato. Os dois novos reforços se apresentaram no centro de treinamento rubro-negro, realizaram exames e já participaram do treinamento em campo. Lopes já está regularizado e pode estrear, enquanto Frizzo aguarda a liberação. 

Thiago Lopes completou 24 anos na terça-feira. Revelado pelo Coritiba, ele também defendeu o Londrina com vínculo de empréstimo em 2017. Na atual temporada, o meia-atacante trabalhou com o técnico Eduardo Barroca no Coxa, time pelo qual entrou em campo 19 vezes, 11 delas como titular, e marcou dois gols. Foram 16 jogos no Campeonato Paranaense, um na Copa do Brasil e dois na Série A. Ele vai brigar por espaço com seis atletas: Marcelinho, Gerson Magrão, Juninho Quixadá, Soares, Eduardo e Matheus Tenório. 

Matheus Frizzo tem 22 anos e estava no Atlético-GO. Nesta temporada, ele entrou em campo cinco vezes pela equipe goiana, em nenhuma delas como titular. O volante passou pelas categorias de base do São Paulo e se profissionalizou no Grêmio, mas não se firmou na equipe gaúcha. No Vitória, ele vai brigar por posição com cinco jogadores: Guilherme Rend, Fernando Neto, Lucas Cândido, Romisson e Maykon Douglas, que se recupera de contusão. Inicialmente no elenco principal, Figueiredo, de 18 anos, está disputando o Campeonato Brasileiro sub-20.

Confira todos os jogadores contratados pelo Vitória após a reabertura da Toca:

  • Leandro Silva (Lateral direito), 32 anos, 9 jogos
  • Wallace (Zagueiro), 32 anos, 10 jogos
  • Lucas Cândido (Volante), 26 anos, 9 jogos
  • Matheus Frizzo (Volante), 22 anos, ainda não estreou
  • Marcelinho (Meia), 36 anos, 17 jogos
  • Soares (Meia), 23 anos, ainda não estreou
  • Juninho Quixadá (Meia), 34 anos, 6 jogos 
  • Thiago Lopes (Meia-atacante), 24 anos, ainda não estreou
  • Mateusinho (Atacante), 21 anos, 19 jogos 
  • Ewandro (Atacante), 24 anos, 8 jogos

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas